IBM e DrumWave fecham parceria para ecossistema de certificação e comercialização de dados

Plataforma da DrumWave usará nuvem da IBM e permitirá que empresas peçam acesso e recompensem consumidores pelo uso de seus dados

Author Photo
6:25 pm - 31 de agosto de 2022
Fernando Teles, presidente e Chief Revenue Officer da DrumWave, e Joaquim Campos, vice-presidente de Data & AI da IBM América Latina

A IBM e a DrumWave anunciaram nesta terça-feira (31) uma parceria para estruturar um ecossistema de monetização de dados para consumidores e empresas no Brasil. Com a parceria, a IBM será responsável por hospedar a plataforma da DrumWave, que tem como negócio a avaliação, certificação e precificação de dados pessoais.

A DrumWave é parte da IBM Open Ventures, iniciativa com o objetivo de identificar e integrar scale-ups por meio de treinamento e implementação de automação, inteligência artificial e segurança. A empresa foi fundada por sócios brasileiros e colombianos, mas é sediada em Palo Alto, nos Estados Unidos

A DrumWave espera lançar sua plataforma no Brasil até o final deste ano. “O Brasil tem algumas características muito interessantes: uma grande população, uma economia pulsante e uma caracaterística de adoção de tecnologia”, pontuou Fernando Teles, presidente e Chief Revenue Officer da DrumWave. “É uma cultura de usar a tecnologia em seu benefício”. A expectativa é de um lançamento global a partir de 2023, a começar pelos Estados Unidos.

O objetivo da plataforma da DrumWave é permitir que consumidores, que têm a posse de seus dados pessoais garantida por lei, os monetizem junto a empresas que desejem utilizá-los. Todo o sistema será organizado através da dWallet, uma “carteira” de dados que permite que pessoas e empresas decidam se e como querem dar acesso aos seus dados a outras pessoas ou empresas. A carteira também possibilita ao dono do dado receber um reconhecimento, recompensa ou remuneração nestas transações.

A dWallet será hospedada na IBM Cloud, usando uma abordagem flexível de nuvem híbrida para conectar e acessar dados on-premise ou em várias nuvens, alavancando também o IBM Cloud Pak for Data. A plataforma também usará o IBM Watson Knowledge Catalog no IBM Cloud Pak for Data da nuvem IBM para catalogação de dados e criação de perfil para a DrumWave gerenciar as diversas fontes de dados em um só lugar.

“A nuvem da IBM tem particularidades de segurança que garantem a integridade desse processo”, explicou Joaquim Campos, vice-presidente de Data & AI da IBM América Latina. “Qualquer dado que esteja dentro da nuvem da IBM, a IBM não tem acesso. Só a empresa que tem acesso ao token do dado certificado pode acessá-lo.”

A DrumWave nasce a partir do surgimento de regulações – como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – que definem os consumidores como proprietários de seus dados. A partir daí, a empresa propõe a certificação desses dados pessoais de usuários e, na sequência, a monetização medidante o usufruto deles por companhias de diversos setores, como varejo, financeiro, telecomunicações, saúde e indústria.

“[Hoje] você pode até pedir seu dado, mas você não tem uma mensuração de quanto vale. Essa é a nossa tecnologia. Quando falo no processo de mapeamento, auditoria, escoragem e certificação, a gente define o valor do dado. A gente transforma o dado em um ativo”, explicou Teles. Estimativas da empresa é que o mercado total de dados que pode ser endereçado com sua solução é de US$ 1,8 trilhão.

Empresas que desejarem usar esses dados, poderão pedir autorização diretamente ao seu proprietário, usando os certificados da DrumWave. Com isso, o usuário decide se e como licenciar o acesso aos seus dados com terceiros ao aceitar uma oferta postada na sua dWallet. A ideia é que a recompensa por esses dados venha de diversas formas, desde receber uma compensação financeira na forma de dinheiro ou descontos, até investir seus dados e também comprar pagando com dados. A DrumWave recebe parte dessa transação.

Vale ressaltar que, para que essas operações sejam realizadas, o usuário deverá primeiro abrir uma conta dWallet, ler e aceitar, voluntariamente, todas as políticas de uso propostas pela plataforma. Os dados em si, não ficam armazenados na dWallet, mas sim nas empresas em que o usuário tem seus dados a serem certificados.

Tags:

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.