Em dia turbulento, Nubank demite quase 300 funcionários

Demissão de 296 pessoas atingiu área de operações do banco digital. IT Forum teve acesso a áudios que relatam dia tenso

Author Photo
9:07 pm - 07 de junho de 2023
Imagem: Shutterstock

O Nubank confirmou nessa quarta-feira (7) a demissão de 296 funcionários. Em comunicado publicado em seu site, o banco digital diz que o lay-off é fruto de um processo de reestruturação da área de operações no Brasil, iniciado na mesma data.

A área era dividida em unidades independentes focadas em produtos distintos, estrutura que, segundo o Nubank, “atendeu o período passado de expansão de um produto para uma plataforma multi-produtos”. O mesmo comunicado diz que após “profunda análise de modelos e processos”, precisou “consolidar as equipes de produto em uma organização centralizada”.

“Isso permitirá um atendimento ainda mais completo aos clientes e ganhos de escala, com uma gestão integrada de todos os produtos e serviços”, diz a empresa.

O comunicado racional contrasta com os áudios de um colaborador do Nubank ao qual o IT Forum teve acesso. O trabalhador, cuja identidade iremos preservar, relata momentos de apreensão e um processo de demissão turbulento.

Apenas gerentes seniores e diretores sabiam das demissões, enquanto a chamada “baixa gestão” e analistas foram pegos de surpresa. Os funcionários da área foram comunicados em duas “calls” separadas, feitas no dia da demissão, uma para informar os que ficariam na empresa e outra com os demitidos, diz o áudio.

Alguns gerentes tiveram inclusive que buscar ativamente saber dos funcionários quem havia sido ou não demitido. “Os gestores saiam caçando as pessoas no Slack para saber quem estava lá ou não”, narra o funcionário.

O processo ocorre exatamente duas semanas após o Nubank promover uma série de eventos comemorativos para seu aniversário de 10 anos.

Modelo de gestão

Segundo o Nubank, o novo modelo de gestão adotado na área de operações brasileira torna algumas funções e posições “redundantes”, e grupos de funcionários que não foram demitidos ainda serão alocados em outras funções e equipes. A empresa diz que ofereceu um pacote de benefícios aos demitidos, incluindo salários adicionais proporcionais ao tempo de contratação, extensão temporária do plano de saúde e verba de apoio para recolocação.

Segundo o banco digital, as movimentações “ocorrem em funções administrativas e não terão impacto no atendimento final ao cliente”.

“Neste momento, não estamos prevendo outras reestruturações”, diz o comunicado. “Em outras áreas, seguimos um ritmo normal de contratações e desligamentos de acordo com nossos planos de negócios e desempenho de funcionários.”

O Nubank terminou 2022 com cerca de 8 mil funcionários e receita de US$ 1,45 bilhões mundialmente, com 74,6 milhões de clientes.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.