Microsoft remodela Teams para torná-lo mais rápido e inteligente

Microsoft disse que a nova versão da plataforma de colaboração Teams será duas vezes mais rápida e usar metade dos recursos do sistema

Author Photo
10:12 am - 30 de março de 2023
Microsoft Teams Imagem: Reprodução/Shutter Stock

A Microsoft revelou um novo aplicativo para sua plataforma de colaboração Microsoft Teams que, segundo a empresa, oferecerá desempenho mais rápido e simplificará a experiência do usuário.

Lançado pela primeira vez em 2017, o Microsoft Teams é um espaço de trabalho colaborativo no Microsoft 365/Office 365 que atua como um hub central para conversas no local de trabalho, trabalho em equipe colaborativo, bate-papos por vídeo e compartilhamento de documentos. A Microsoft afirma que o aplicativo, criticado por monopolizar recursos, tem 280 milhões de usuários mensais e 1.900 aplicativos que se integram diretamente a ele.

A Microsoft disse que as mudanças no Teams reveladas na segunda-feira (27) o tornam mais rápido, simples, flexível e inteligente. “Ouvimos seus comentários, que culminaram em uma reimaginação do Teams desde o início”, escreveu Jeff Teper, presidente de Aplicativos e Plataformas Colaborativas da Microsoft, em uma postagem no blog da empresa.

Leia mais: Novo nível premium do Microsoft Teams tem integração com o GPT-3.5, da OpenAI

De acordo com Teper, o novo aplicativo Microsoft Teams foi projetado para ser “duas vezes mais rápido e usar metade dos recursos do sistema”. Para fazer isso, a Microsoft reformulou sua plataforma, afastando-se da combinação de HTML/CSS personalizado e AngularJS, agora obsoleto, no qual o Teams foi inicialmente construído e, em vez disso, colocou camadas Fluent UI no React, e moveu o processamento de dados para uma camada de dados do cliente. A Microsoft também mudou a tecnologia do host, fazendo a transição de Electron para WebView2.

Isso reduziu pela metade o tempo necessário para iniciar o aplicativo e ingressar em uma reunião, com o consumo de memória também diminuindo pela metade, de acordo com os resultados do teste da empresa de benchmarking independente GigaOm fornecido pela Microsoft.

Além disso, a Microsoft simplificou o gerenciamento de notificações, busca de informações e gerenciamento de mensagens no Teams, reduzindo o número de cliques necessários para acessar essas informações. Também fez alterações no modelo de autenticação, sincronização e sistemas de notificação da plataforma. Isso significa que os clientes que usam o Teams em vários locatários ou contas agora podem permanecer conectados em todos eles e receber notificações, independentemente de qual deles estejam usando no momento.

Com base nos recursos de IA que a Microsoft lançou com seu nível de assinatura Teams Premium, o aplicativo Microsoft Teams recém-reformado incluirá recapitulação inteligente e Copilot para Microsoft Teams, anunciado pela primeira vez no início de março de 2022.

A Microsoft espera disponibilizar publicamente o novo Teams ainda este ano, mas os clientes comerciais que usam o Windows já podem acessar a visualização pública.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.