Unidade B2B da Motorola aposta em IA e no setor de trade marketing para crescer

Moto Talk, solução da Motorola for Business, ganhou novos recursos de IA para apoiar agentes de campo que atuam no varejo

Author Photo
1:04 pm - 23 de novembro de 2023

A Motorola for Business, divisão B2B da Motorola, está expandindo seus negócios. Nesta semana, a companhia anunciou sua a entrada em uma nova vertical de mercado: o trade marketing. O setor é a quarta unidade de negócio da Motorola for Business, e se junta aos segmentos de segurança, utilities e logística, com os quais a empresa já atuava desde sua fundação.

O setor de trade marketing é estratégico para a Motorola for Business. No Brasil, a companhia vê a extensa rede nacional de varejistas como uma oportunidade, e deve direcionar suas soluções para marcas que atuam com promotores de campo e buscam tecnologia para aumentar a eficiência destes colaboradores.

“Nós sentimos que o trade marketing é um mercado muito carente desse tipo de produtividade”, explicou James Mattos, diretor de vendas corporativas da Motorola para o Brasil, em conversa com o IT Forum. “Todas as indústrias de bens de consumo possuem promotores no campo, possuem pessoas. A gente imagina que esse segmento será tão importante quanto os outros.”

A oferta da Motorola for Business consiste em cinco pilares de soluções relacionadas à mobilidade: dispositivos, segurança móvel, software de gerenciamento (MDM), soluções de produtividade e suporte. A oferta não é monolítica, já que empresas podem adquirir uma única oferta ou combiná-las de acordo com as demandas de seu negócio. Há, no entanto, um elemento central na estratégia da Motorola para o setor B2B: o MotoTalk.

A solução MotoTalk inclui funcionalidades como gestão de times, folha de ponto eletrônico, rastreamento em tempo real e gerenciamento de tarefas Ela também permite comunicação por meio de alertas, chamadas de voz push-to-talk – individuais ou em grupos – e mensagem de texto. A solução é multiplataforma e compatível com Android, iOS e Windows.

Leia também: Na Black Friday, segurança não tem desconto

Com a entrada no segmento de trade marketing, a Motorola trará novos recursos à plataforma baseados em inteligência artificial. O primeiro destes recursos é o ‘reconhecimento por imagem’. Agentes de campo monitorando pontos de venda para checar os estoques e preços das marcas que representam, por exemplo, poderão quantificar a presença das mercadorias nas gôndolas, preços e metas simplesmente tirando uma foto das prateleiras.

O MotoTalk fará a análise do conteúdo da foto em tempo real, identificando a quantidade e posicionamento do produto em exposição, preços e a até a presença de concorrentes. A análise é realizada no dispositivo e não depende de conexão com a internet para acontecer. A base de dados de imagens para gerar o modelo de reconhecimento de imagens é treinada pela própria Motorola em conjunto com o cliente, e pode ser customizada.

Por ora, o recurso tem como objetivo atender às necessidades do trade marketing. Mattos, no entanto, antecipa que a inteligência artificial desempenha outros papéis dentro do Moto Talk no futuro, com aplicações para outros segmentos com os quais a empresa atua.

Um dos exemplos é um recurso otimização de rotas que a empresa já desenhou para o serviço. Utilizando essa opção, o usuário pode inserir todos os pontos que precisará visitar durante sua jornada de trabalho. O caminho otimizado, seja para menor tempo de deslocamento ou por menor distância percorrida, é sugerido pela IA. A princípio, o recurso será disponibilizado para os usuários de campo do trade marketing, mas é um recurso que poderá também ser otimizado para logística.

Desde o lançamento da marca Motorola for Business, no início deste ano, a companhia “mais do que dobrou” sua operação no segmento B2B, de acordo com o diretor de vendas corporativas da Motorola para o Brasil. A empresa não abre número sobre a operação local, mas está otimista com a operação. “A gente planeja, no próximo ano, dobrar de novo esse número. Não só em número de clientes. Canais, distribuidores, integradores e operadoras passaram a entender que estamos trazendo uma proposta de valor diferente para o mercado, não só focada no hardware, mas na solução”, disse Mattos.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Rafael Romer

Rafael Romer é repórter do IT Forum. É bacharel em Comunicação Social – Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Tem mais de 12 anos de experiência na cobertura dos segmentos de TI, tecnologia e games, com passagens pelo Olhar Digital, Canaltech, Omelete Company, Trip Editora e IG.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.