Google lança modelo de IA para impulsionar produtividade dos seus funcionários

Descendente do Gemini, o Goose é parte de uma estratégia de eficiência do Google, respondendo a perguntas, escrevendo código e editando com linguagem

Author Photo
2:44 pm - 16 de fevereiro de 2024
google ia Imagem: Shutterstock

O Google anunciou o lançamento de um novo modelo de inteligência artificial chamado Goose, projetado para auxiliar os funcionários na escrita de código de forma mais rápida e eficiente. Este modelo, treinado com base em “25 anos de experiência em engenharia da empresa”, poderá auxiliar as equipes na construção de novos produtos, respondendo a dúvidas sobre tecnologias específicas da empresa e até mesmo escrevendo código utilizando as pilhas de tecnologia interna, de acordo com documentos internos revisados pelo Business Insider.

A iniciativa faz parte de um esforço para levar a IA para cada etapa do processo de desenvolvimento de produtos no Google, que recentemente realizou cortes nos empregos e reorganizou suas equipes. A criação do Goose resultou de uma colaboração entre diversas equipes internas da empresa, incluindo Google Brain e DeepMind.

Leia mais: Copilot: Microsoft revela novo modelo de IA e funções avançadas para imagens

Ele é descrito como um descendente do Gemini, outro modelo da empresa. Capaz de responder a perguntas específicas, escrever código e editar com base em prompts de linguagem natural, o Goose faz parte de uma estratégia mais ampla de eficiência da empresa.

Além disso, o Google está investindo em IA para aumentar a produtividade em outras áreas, como na redução do consumo de energia em data centers e na otimização de gastos de publicidade.

Durante a última teleconferência de resultados do Google, a Ruth Porat, diretora financeira da companhia, mencionou que a empresa estava adotando várias estratégias para controlar os gastos, incluindo a otimização das operações em toda a Alphabet através do uso de IA. Ela destacou a importância de reduzir o crescimento das despesas e enfatizou o papel fundamental que a IA desempenha nesse esforço de eficiência.

Esta não é a única empresa de tecnologia a investir em inteligência artificial para aumentar a produtividade. A Microsoft, por exemplo, também lançou recentemente uma ferramenta chamada Copilot, destinada a auxiliar equipes internas.

Atualmente, o Goose está disponível para alguns funcionários, embora sua funcionalidade completa ainda não esteja clara. No entanto, há planos para que ele se torne o primeiro LLM de propósito geral aprovado para uso interno de codificação no Google. Com uma janela de contexto de token de 28 mil, o Goose é altamente vantajoso para tarefas de desenvolvimento.

E o modelo pode se tornar ainda mais útil com o tempo, oferecendo novas capacidades de engenharia e sendo acessível através do chatbot interno da empresa, chamado Duckie. Embora haja preocupações sobre a substituição de empregos por IA, o Google afirma que suas iniciativas visam aumentar a eficiência e não eliminar empregos.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

*Com informações do Business Insider

 

 

Tags:
Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.