Abranet faz alerta de segurança após WhatsApp liberar ‘Comunidades’

Função que permitirá envio de mensagens para cinco mil pessoas pode ser oportunidade para golpistas atacarem usuários

Author Photo
11:49 am - 30 de janeiro de 2023
whatsapp, celular, mensageria, mensagens Imagem: Shutterstock

A Associação Brasileira de Internet (Abranet) fez um alerta de segurança ao receber links em aplicativos de celular. Os envios devem aumentar após o WhatsApp começar a liberar no Brasil, na última quinta (26), o “Comunidades”, recurso que permite organizar vários grupos em estruturas maiores e enviar mensagens para até cinco mil pessoas.

Segundo a Abranet, apesar da praticidade oferecida pelo aplicativo, a nova função também exigirá cautela dos usuários ao possibilitar ainda mais agilidade na comunicação. Nem todo mundo terá acesso ao recurso, que será liberado gradualmente. A entidade, que tem mais de 400 associados no país, apoia a campanha #FiqueEsperto.

Leia mais: WhatsApp faz retrospectiva de 20 funcionalidades lançadas em 2022

A campanha busca conscientizar a população sobre o cuidado no uso do “Comunidades”, para não se tornar mais um meio para aplicação de golpes por meio de distribuição de links, por exemplo. Entre as dicas da Abranet, estão:

  • Atenção redobrada no recebimento de mensagens com links que direcionam para sites, produtos, serviços ou promoções, mesmo se forem enviadas por algum contato conhecido. Isto porque, muitas vezes, as pessoas encaminham ou copiam e colam links sem conferir se são seguros.
  • Além de verificar se o remetente é confiável, é preciso confirmar se o link é realmente de algum site confiável.
  • Não autorizar o download ou execução de arquivos a partir do link que foi recebido.
  • Também é necessário ter cuidado ainda maior com mensagens que ofereçam prêmios ou vantagens muito atrativas, seja dinheiro seja algum tipo de produto. Geralmente, os criminosos tentam seduzir as pessoas com propostas muito incomuns, para que elas cliquem no link rapidamente, sem pensar antes da ação.
  • Não reencaminhar mensagens de origem desconhecida ou com links duvidosos, para não aumentar os riscos de mais pessoas caírem em golpes virtuais.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.