Nomadismo digital segue em alta e empresas precisam estar preparadas, diz ADP

35% dos brasileiros acham que poderiam trabalhar de qualquer lugar no mundo, diz estudo. No mundo são 48% dos trabalhadores

Author Photo
10:10 am - 02 de abril de 2024
nomade digital, trabalho remoto, nomadismo digital Foto: Shutterstock

No mundo, quase metade dos trabalhadores (48%) acham que poderiam se mudar para o exterior e permanecer no emprego que ocupam atualmente, o famoso nomadismo digital, trabalhando remotamente de qualquer lugar – no Brasil são 35%. É o que indica um levantamento feito pelo ADP Research Institute e divulgado na semana passada.

Foram ouvidos 32,6 mil trabalhadores em 17 países entre 28 de outubro e 18 de novembro de 2023, sendo 5.751 na América Latina (Argentina, Brasil e Chile). Quase três em cada dez (28%) dizem que será a norma na sua indústria em até cinco anos: ter a capacidade de trabalhar remotamente de qualquer lugar no mundo.

Um quarto (26%) afirma que tem atualmente liberdade sobre o local de trabalho.

Flexibilidade de localização é citada por um em cada seis trabalhadores (17%) como fator importante para escolher ou se manter em um emprego.

Veja ainda: 7 áreas da TI mais demandadas com o boom da inteligência artificial

“Apesar de muitas empresas estarem planejando ou retornando para o modelo presencial, temos observado que os horizontes dos trabalhadores estão se ampliando e há a possibilidade de aderência ao trabalho remoto em algumas funções”, diz Claudio Maggieri, general manager para a América Latina na ADP.

Segundo a ADP, o trabalho remoto assume uma perspectiva “cada vez mais internacional” para funções em que a presença física não é imprescindível. Por isso, os empregadores devem deixar claro se trabalhar no exterior é permitido ou não, e em que circunstâncias, e estar preparados para lidar com solicitações do tipo.

“Sempre que possível, precisarão também ajustar políticas e sistemas conforme necessário”, diz a empresa. Isso significa garantir que colaboradores trabalhem em locais apropriados, considerando aspectos de segurança e logística.

Por exemplo, na hora de fornecer acesso seguro às redes da empresa ou gerenciar o trabalho em diferentes fusos horários.

O relatório – chamado People at Work 2023: A Global Workforce Viewpode ser baixado nesse link.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.