Elon Musk revela novo logotipo para Twitter: X

Mudança da rede social pode ter ligação com decisões do empresário anos atrás

Author Photo
12:47 pm - 24 de julho de 2023
Elon Musk, X, Twitter Imagem: Twitter

Após um tweet de Elon Musk, proprietário do Twitter, o domínio X.com agora é redirecionado para o Twitter.com. Além disso, foi anunciado um “logotipo X provisório” que substituirá, em breve, o logotipo do pássaro do Twitter. Antes da mudança, Musk passou muito tempo twittando sobre isso.

No fim de semana, ele começou a twittar – e o fez por horas – sobre a mudança de marca do Twitter para X, o nome de uma letra que ele usou repetidamente em nomes de empresas e produtos. Tudo começou com um tweet dizendo “em breve daremos adeus à marca do Twitter e, gradualmente, a todos os pássaros”, seguido por um segundo tweet acrescentando que “se um logotipo X bom o suficiente for postado esta noite, iremos ao ar mundialmente amanhã”.

Musk então, nas horas seguintes, apontou para a mudança entre outras postagens e respostas, twittando coisas como “Deus X” ou respondendo a outros usuários falando sobre isso. A certa altura, ele se juntou a uma sessão do Twitter Spaces chamada “Ninguém fala até convocarmos Elon Musk” e ficou em silêncio por quase uma hora antes de ativar o som e confirmar que mudaria o logotipo do Twitter, acrescentando “estamos cortando o logotipo do Twitter do prédio com maçaricos”.

Leia mais: Elon Musk lança xAI para competir com a OpenAI, criadora do ChatGPT

Musk também teria enviado um e-mail ontem à noite para os funcionários do Twitter dizendo que a empresa se tornaria X e que era a última vez que ele enviaria um e-mail de um endereço do Twitter, de acordo com uma postagem da editora-gerente da Platformer, Zoe Schiffer.

*Com informações da The Verge

História de Elon Musk e X

O potencial novo logotipo do Twitter lembra os primeiros dias de empresário de tecnologia de Musk, quando ele tinha 28 anos no Vale do Silício com ambições de abrir uma empresa de banco online em 1999.

Àquela altura, o executivo lançou e vendeu a Zip2 – uma empresa que fornecia software de guia de viagens para jornais – por cerca de US$ 341 milhões. Musk ganhou US$ 22 milhões com o negócio.

Usando esse dinheiro, seu próximo empreendimento se concentrou em serviços bancários. A ideia era criar uma ferramenta online para gestão de fundos mútuos. Como seria chamado esse serviço online? Segundo Julie Anderson Ankenbrandt, ex-executiva do PayPal, o nome nasceu em um café no Vale do Silício.

“Houve uma noite em que Elon, os outros fundadores da empresa e eu nos sentamos em uma mesa nos fundos de um bar extinto há muito tempo chamado Blue Chalk (Café) em Palo Alto, tentando decidir qual deveria ser o nome da empresa”, escreveu Ankenbrandt em um post do Quora de 2016. “Naquele ponto, início de 1999, a intenção ainda era construir uma plataforma financeira revolucionária de serviço completo (cartão de crédito, fundo mútuo e dados bancários padrão em um só lugar – imagine só! :)) e a questão em questão era se seria q, x ou z ponto com.”

A X.com foi lançada no final de 1999. Em 2000, a empresa se fundiu com sua concorrente Confinity, que foi co-fundada por Peter Thiel e Max Levchin. O nome nunca pegou: divergências dentro da empresa, inclusive em torno do nome x.com, logo seriam seguidas pela saída de Musk no final de 2000. Thiel foi nomeado o novo CEO.

Embora os problemas com o nome não tenham levado à demissão de Musk – um dos argumentos internos girava em torno de para onde mover os servidores da empresa – a maioria dos funcionários não gostava do nome tanto quanto Musk.

De acordo com a biografia de Ashlee Vance “Elon Musk: Tesla, SpaceX e a busca por um futuro fantástico”, quase todos na empresa preferiam o nome PayPal. Em 2001, x.com foi rebatizado de acordo.

Em 2017, Musk comprou o domínio X.com do PayPal por uma quantia não revelada. “Sem planos agora, mas tem um grande valor sentimental para mim”, tuitou Musk na época.

Oito anos depois, depois de comprar o Twitter por US$ 44 bilhões, Musk fundiu formalmente sua recém-comprada empresa de mídia social em uma entidade incorporada em Nevada chamada X Corp.

“Comprar o Twitter é um acelerador para a criação do X, o aplicativo de tudo”, disse Musk em outubro de 2022.

O CEO do Twitter disse em um fórum ao vivo que prevê um serviço que “faz tudo – como o Twitter, mais o PayPal, mais um monte de coisas e tudo em um, com uma ótima interface”.

*Com informações da Business Insider

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.