O que difere um parceiro estratégico de um prestador de serviço de TI?

Na busca pela excelência tecnológica, participação de um parceiro estratégico é decisiva, e deve ser priorizada por empresas interessadas

Author Photo
9:30 am - 20 de fevereiro de 2024
parceiros de ti, profissionais de ti

Entre as responsabilidades triviais de uma parceria, podemos listar a identificação de necessidades, a elaboração de planejamentos de acordo com os objetivos e prioridades da empresa e a construção de soluções junto ao cliente. Todos esses aspectos são primordiais para moldurar a maturidade do departamento de TI, que nesses cenários, passa a atuar de forma a agregar valor e destacar o potencial do negócio.

É comum, entretanto, a confusão e a assimilação entre os conceitos de um parceiro estratégico atuante e um prestador de serviços convencional. A realidade é que ambos atuam na esfera de consultoria de TI, mas diferem quanto às suas orientações e diferenciais. Tanto o parceiro estratégico de TI quanto o parceiro de serviços de TI têm muito a colaborar com as empresas, cada um de sua forma e com suas particularidades. Explico as razões.

Leia mais: Capacitação em tecnologia melhora vida de 8 em 10 pessoas, indica estudo

O mercado de prestação de serviços de TI 

Crescendo de forma considerável, os prestadores de serviços de TI são reconhecidos por atender várias demandas e segmentos. Além de compreenderem a complexidade de mercado, eles prestam auxílio na gestão de TI, no suporte de aplicações, na manutenção de dispositivos e da educação de como funcionam, bem como gerenciam instalações físicas e fazem o monitoramento constante de toda a infraestrutura.

De maneira simplificada, um prestador de serviço de TI carrega em sua essência o objetivo de auxiliar as empresas a utilizarem a tecnologia corretamente, para terem sucesso nas atividades do cotidiano. Pouco importa para que será feito o uso, o importante é se a metodologia de como usar e se a função programada está tendo êxito, como planejado anteriormente. Aqui, há delimitado um espaço estratégico que o serviço não ultrapassa.

O mercado de parceiros estratégicos de TI 

Hoje, o sucesso e o crescimento de empresas de TI passam pela conversão dessas organizações em parceiros estratégicos. Isso porque, ao priorizar uma abordagem consultiva que vai além da prestação de serviços, um parceiro estratégico é capaz de olhar para toda a operação, desde a gestão de dados e segurança, até as oportunidades de implementar soluções inovadoras e eficientes. Neste universo, a importância está em como o uso das ferramentas é conduzido, assim como quais são as possibilidades de melhoria e de aproveitamento inteligente de recursos, o que pode incluir, inclusive, um acompanhamento pós-venda.

Buscando a eficiência das operações, uma parceria sólida de estratégia visa também integrar e automatizar processos, resultando em mais maturidade tecnológica e tomadas de decisões mais conscientes. Um grande diferencial de uma parceria estratégica é o atendimento personalizado. Com um apoio singular, buscar por soluções e ferramentas compatíveis com a especificidade da empresa vai garantir mais segurança e resultados, aumentando, naturalmente, a satisfação do cliente.

O futuro é personalizado!

Com os avanços digitais cada vez mais elencados em um ritmo frenético de evolução, nos dias atuais, a demanda por mais tecnologia na realidade operacional das empresas é inegável. Porém, tão importante quanto receber orientações sobre uso, é ter indicações concretas sobre como sofisticar processos, torná-los mais ágeis e inovadores – sempre com os dois pés em uma postura de aprimoramento contínuo.

E sem dúvidas, o segredo está na personalização. O próprio conceito de parceria estratégica está findado nesse pilar. Com o trabalho personalizado de uma consultoria especializada, a proximidade com o cliente surge como uma abertura para que todos os detalhes sejam explanados e alinhados, com base em uma visão abrangente de toda a cadeia de transformação digital escolhida pelo usuário.

De fato, esse é um diferencial de grandes proporções para as duas partes envolvidas no processo: por um lado, para consultorias de TI que buscam se consolidar no mercado, e por outro, empresas que miram a presença massiva de uma tecnologia que atravesse a superfície, oferecendo benefícios que pavimentem um caminho real de produtividade e eficiência.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Fernando Brolo

Sócio Conselheiro e Diretor Comercial da América Latina na Logithink IT. O executivo possui vasta experiência em canais TOTVS, além de atuação na área comercial e de operações, tendo passado, ao longo de sua carreira, por diversas áreas de negócios, como Gestor Comercial, Executivo de Contas e Vendas, de Operações e de TI.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.