Buser oferece formação para profissionais de TI com salário de 3 mil reais

Em parceria com a Faculdade Descomplica, a Buser selecionará 50 estagiários em tecnologia, que receberão bolsa auxílio e terão acesso a cursos

Author Photo
4:23 pm - 23 de novembro de 2021
ônibus da startup Buser

Diante da alta demanda por talentos em tecnologia, a startup de mobilidade Buser anuncia a criação de um programa que combina formação universitária e estágio remunerado. O objetivo do Buser Tech é atrair jovens talentos que queiram acelerar seu desenvolvimento na área de TI. Em parceria com a Faculdade Descomplica, a empresa oferece oito opções de curso superior e bolsa auxílio mensal de R$ 3 mil reais para os participantes do programa. São 50 vagas disponíveis, com início em janeiro de 2022.

Leia também: Trybe tem 15 mil vagas abertas para curso gratuito de introdução à programação

Para se inscrever, os interessados precisam ter a partir de 16 anos de idade e prestar a prova do ENEM 2021 ou um vestibular de instituições de tecnologia ou engenharia do País. O processo seletivo irá considerar a nota do exame/vestibular, com etapas posteriores de entrevistas individuais e testes comportamentais. Candidatos egressos de escola pública terão pontos adicionais na seleção. 

“Nosso objetivo é oferecer um programa de excelência, unindo o melhor dos dois mundos: o conhecimento acadêmico com os aprendizados que se obtêm no dia a dia, com a mão na massa. Com o Buser Tech, teoria e prática estarão alinhadas desde o início e os alunos terão o suporte de professores que também atuam no mercado, podendo, assim, desenvolver hoje as tecnologias do amanhã”, afirma Marcelo Abritta, CEO da Buser.

“Iremos acelerar a carreira desses jovens ao oferecer uma maneira mais rápida de eles se desenvolverem, comparando com os métodos tradicionais de ensino, e mais completa do que os cursos técnicos de programação que têm surgido no País. Com o modelo de ensino que estamos propondo, temos uma expectativa de que o profissional formado pelo Buser Tech saia ganhando pelo menos o dobro do que aquele egresso da faculdade”, completa Tony Lâmpada, CTO da Buser.

Leia também: Conheça as áreas da TI com mais chances de emprego até 2023

A lista de aprovados no Buser Tech só será divulgada após os resultados do ENEM. Os aprovados começam o estágio presencial na sede da Buser em São José dos Campos (SP) em janeiro de 2022 e poderão ser efetivados já no primeiro ano do programa, a depender do desempenho. A experiência prática permitirá que os candidatos apliquem as soluções de TI no dia a dia, usando as linguagens de programação Python e Javascript e assumindo desafios individuais nos squads de trabalho da Buser.

Além do estágio, os participantes também poderão escolher um dos oito cursos acadêmicos disponíveis, todos oferecidos pela Faculdade Descomplica na modalidade de ensino à distância e com início em abril de 2022: Banco de Dados, Computação em Nuvem, Sistemas para Internet, Jogos Digitais, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Engenharia da Computação.

Alguns são cursos tecnólogos, com duração de 2 anos e meio, enquanto outros são de bacharelado, com duração de 4 anos. Os cursos serão online e terão início em abril de 2022, sendo que os alunos também poderão contar com a estrutura da Buser se quiserem acompanhar as aulas na sede.

“Essa parceria é muito importante para ajudar alunos em situação social de risco a conseguirem se qualificar para entrarem no mercado de trabalho atendendo às exigências das áreas que iremos contemplar”, diz Daniel Pedrino, Presidente da Faculdade Descomplica. “É por meio de projetos como esse que vamos conseguir minar alguns dos maiores gaps presentes no ensino superior do País e acelerar a questão da empregabilidade nas mais variadas áreas”, comenta.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.