3 motivos para PMEs investirem na gestão em nuvem

Três maneiras fundamentais de como a gestão de redes em nuvem pode amplificar as pequenas e médias empresas

Author Photo
8:45 am - 23 de janeiro de 2024
C-levels, nuvem, PMEs Imagem: Shutterstock

As pequenas e médias empresas (PMEs) são essenciais para a economia regional, contribuindo principalmente na criação de empregos e no desenvolvimento econômico. Entretanto, desafios globais, como a escassez de talentos, inflação, ameaças cibernéticas, dinâmicas de trabalho híbridas e rápidas mudanças tecnológicas, estão aumentando a pressão sobre a capacidade dessas empresas de prosperar.

Em resposta, diversas organizações estão adotando a nuvem para navegar na era do trabalho híbrido e da transformação digital. A nuvem oferece às PMEs uma variedade de vantagens, desde economia de custos e flexibilidade até a escalabilidade e segurança. Com essas considerações, é importante não negligenciar o potencial da gestão de rede baseada em nuvem. Migrar sua rede para a nuvem pode ter um impacto profundo na resolução de desafios, no aproveitamento de vantagens comerciais e na adoção de tecnologias de ponta, possibilitando assim o contínuo crescimento econômico regional proporcionado pelas PMEs.

Neste artigo, vamos conferir três maneiras fundamentais de como a gestão de redes em nuvem pode amplificar as pequenas e médias empresas e ajudar com questões atuais, além de preparar o terreno para o sucesso.

Melhor desempenho para o trabalho remoto

Com a ascensão do trabalho remoto, um aumento nos dispositivos IoT e o crescimento das demandas por conectividade dos clientes, as redes atuais estão sob uma intensa pressão para entregar os resultados e performance esperada. No entanto, com recursos de TI limitados, é difícil que as PMEs supervisionem e solucionem constantemente seus problemas na rede. O tempo que deveria ser dedicado à administração do negócio, passa a ser do monitoramento contínuo da rede. Por outro lado, falhas na rede podem resultar em perdas financeiras devido à diminuição dos negócios com clientes ou à insatisfação dos funcionários.

Leia mais: Gerenciamento de custos na nuvem ganhará maior atenção entre as empresas em 2024, diz ISG

Independentemente da pulverização dos locais de trabalho, seja em escritórios, cafés, lojas ou residências, as aplicações e plataformas de gestão de rede em nuvem podem fornecer a garantia da conectividade de qualidade. Através de um painel intuitivo e acessível até mesmo ao pessoal não técnico, a empresa obtém visibilidade do desempenho da rede. Isso reduz o tempo de inatividade da rede, pois o painel identifica segmentos de rede não responsivos, permitindo correções remotas e instantâneas, como reinicializações de softwares.

Adaptando a experiência do convidado

O desempenho da rede é fundamental tanto para a satisfação dos funcionários quanto de clientes, mas cada grupo tem demandas únicas. Com uma plataforma de gestão de rede na nuvem,  a empresa passa a oferecer uma capacidade de segmentação dinâmica, permitindo a divisão da rede entre funcionários e convidados. Isso não apenas protege o acesso a dados sensíveis, mas também aprimora a jornada dos clientes. Ao segmentar as redes, é possível otimizar a largura de banda para funcionários, convidados e clientes, priorizando suas necessidades técnicas específicas. Por exemplo, um  hotel poderia priorizar o streaming de áudio e mídia para redes de convidados, garantindo experiências de melhor qualidade.

Muitas plataformas de gestão de rede em nuvem possuem suporte ao Wi-Fi 6, visto como crucial no aproveitamento de dispositivos IoT como fechaduras eletrônicas e assistentes de voz. Além disso, essas plataformas oferecem análises e relatórios, fornecendo insights sobre o comportamento dos usuários e padrões de uso da rede. Isso permite ajustar a rede de acordo com as necessidades em constante evolução dos clientes e identificar novas oportunidades de negócios com base nos insights dos usuários.

Reforçando as capacidades de segurança

Embora manter-se atualizado com as últimas tecnologias e se proteger de ameaças virtuais possam ser objetivos desafiadores para as PMEs, comprometer a segurança devido a recursos limitados de TI não é necessário. Sistemas de segurança robustos evitam problemas futuros que poderiam ser financeiramente devastadores. Plataformas de gestão de rede na nuvem não apenas facilitam redes segregadas entre funcionários e convidados, mas também oferecem recursos de segurança integrados, como autenticação por multifatores e defesas contra acessos não autorizados. Isso garante o acesso seguro para usuários conhecidos e protege redes de convidados por meio de mecanismos como modelos de acesso Zero Trust.

Acessiibilidade

Preocupações sobre custos frequentemente surgem ao contemplar a gestão de rede na nuvem. Entretanto, diversos fornecedores oferecem plataformas sem assinaturas recorrentes ou despesas contínuas de suporte. Além disso, o custo do Wi-Fi de qualidade empresarial continua a diminuir juntamente com as inovações tecnológicas. Fazendo com que esse seja o momento oportuno para o início da jornada de gestão de rede em nuvem.

Conclusão

A agilidade das PMEs permite enfrentar os desafios atuais, mas para se manterem competitivas, as redes devem ser vistas como fatores chave de benefícios empresariais. O gerenciamento eficaz da rede, especialmente na nuvem, aumenta a visibilidade, garante experiências perfeitas para funcionários e convidados, libera tempo e aprimora os esforços de segurança. Esta abordagem estratégica revela o potencial para as pequenas e médias empresas prosperarem num cenário de negócios em evolução.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Shannon Byrne

Vice-presidente global de Marketing para PMEs da Hewlett Packard Enterprise

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.