Elon Musk deixará cargo de CEO do Twitter e anuncia mulher como sucessora

Nova CEO do Twitter deve assumir em seis semanas, mas não teve nome divulgado

Author Photo
11:56 am - 12 de maio de 2023
twitter, elon musk Perfil de Elon Musk, o polêmico dono do Twitter. Foto: Shutterstock

*Nota atualizada após o anúncio de Elon Musk

 

O empresário Elon Musk anunciou nesta quinta-feira (11) que deixará o cargo de CEO do Twitter. Ele será substituído por uma mulher no cargo.

O anúncio foi feito através da própria plataforma. Em uma postagem, Musk afirma que sua sucessora já foi contratada e que deve assumir a posição nas próximas seis semanas. “Minha função fará a transição para presidente executivo e CTO, supervisionando produtos, software e sysops [operações de sistema]”, completou o executivo na mensagem postada na rede social.

Na última sexta (12), o empresário fez uma nova postagem anunciando Linda Yaccarino como a nova CEO. “Linda focará, primeiramente, nas operações de negócios, enquanto eu me concentro em design de produtos e novas tecnologias. Ansioso para trabalhar com Linda para transformar esta plataforma em X, o aplicativo de tudo”, disse ele.

Leia também: Ex-Twitter revela como funcionava a curadoria da rede social

Musk anunciou que deixaria o posto de CEO em dezembro de 2022. O anúncio veio após uma enquete postada na própria plataforma, na qual ele perguntou aos seguidores se deveria ou não deixar a posição.

“Vou renunciar ao cargo de CEO assim que encontrar alguém tolo o suficiente para aceitar o cargo!”, escreveu. “Depois, apenas comandarei as equipes de software e servidores.”

Veja mais: O longo fim do Twitter – selo azul, emoji de cocô e os bastidores do negócio

Desde que comprou a rede social, em outubro passado, por US$ 44 bilhões, o empresário adotou ações polêmicas na gestão.

Entre elas, esteve a demissão de cerca de 80% dos colaboradores do Twitter e embates com a imprensa – a partir de março, o e-mail da assessoria de imprensa do companhia passou a responder questionamento automaticamente com um emoji de cocô.

O fim do antigo sistema de verificação de usuários também foi alvo de críticas. Hoje, o novo selo de verificação azul, que autentica perfis verídicos de personalidades e figuras públicas, só é dado aos pagantes do serviço Twitter Blue, que custa cerca de R$ 42 ao mês.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.