Principais varejistas no Brasil não garantem proteção contra fraudes por e-mail, diz Proofpoint

Estudo identificou que 76% dos varejistas on-line no Brasil não estão bloqueando ativamente e-mails fraudulentos para que não cheguem aos consumidores

Author Photo
5:04 pm - 24 de novembro de 2023
fraudes por e-mail Imagem: Shutterstock

Mais de três quartos (76%) dos 50 principais varejistas do Brasil não estão tomando medidas apropriadas para proteger os consumidores contra possíveis fraudes por e-mail e crimes cibernéticos, alertou um novo estudo realizado pela empresa de cibersegurança Proofpoint. Os achados da pesquisa são ainda mais preocupantes tendo em vista a Black Friday, nesta sexta-feira (24) e a próxima Cyber Monday.

Segundo a análise da Proofpoint, menos de um quarto (24%) dos varejistas on-line implementaram o mais alto nível de proteção para impedir que e-mails suspeitos cheguem às caixas de entrada dos consumidores, o que significa que a maioria não está impedindo ativamente que e-mails fraudulentos cheguem aos consumidores.

As informações dos consumidores também estão vulneráveis, tendo em vista que 30% dos varejistas online no Brasil não possuem registro DMARC em vigor. O DMARC é um protocolo amplamente utilizado que ajuda a garantir a identidade das comunicações por e-mail e protege nomes de domínio de sites contra falsificação e uso indevido.

Leia mais: 10 previsões para o cenário global de ciberameaças e golpes financeiros em 2024

O estudo ainda revela que apenas 22% dos varejistas on-line implementaram uma política de monitoramento, o que significa que e-mails não qualificados ainda podem chegar à caixa de entrada do destinatário; e apenas 24% implementaram uma política de quarentena para direcionar e-mails não qualificados para pastas de spam/lixo eletrônico.

“O fluxo de e-mails de marcas que oferecem ótimas ofertas durante o período de compras da Black Friday e da Cyber ​​Monday torna este um momento oportuno para os criminosos cibernéticos aproveitarem o aumento no tráfego de e-mails e atingirem os compradores com iscas e golpes criativos e convincentes”, diz Rogério Morais, vice-presidente para América Latina e Caribe da Proofpoint. “À medida que os consumidores pesquisam na Internet e verificam as suas caixas de entrada em busca das últimas ofertas de compras, é importante que permaneçam atentos e façam compras on-line seguras. Lembre-se de que, mesmo na Black Friday e na Cyber Monday, se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é!”, enfatiza o executivo.

A Proofpoint lembra que o e-mail é um canal popular para que criminosos cibernéticos aproveitem para realizar campanhas de phishing em grande escala para roubar informações pessoais ou dados do cartão de crédito que podem, então, ser usados para se envolver em fraudes financeiras e de identidade. De acordo com a empresa, a autenticação DMARC é considerada a melhor prática para evitar que e-mails suspeitos cheguem à caixa de entrada, mas quase um terço dos principais varejistas do Brasil não estão protegidos, permitindo que indivíduos mal-intencionados se façam passar por sua marca, entregando e-mails maliciosos nas caixas de entrada dos consumidores.

“No ano passado, quase um quarto dos brasileiros sofreram perdas financeiras devido ao phishing”, acrescenta Morais. “Aconselhamos que os brasileiros tomem cuidado redobrado nesta temporada de compras, evitando clicar em links suspeitos em e-mails e realizando compras em sites verificados. Também alertamos os consumidores que estejam atentos quando fazem compras – não apenas durante a Black Friday e a Cyber Monday, mas sempre que gastam dinheiro e fornecem informações pessoais e financeiras online”, complementa.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.