Startups que fracassaram receberam US$ 27 bi em investimentos em 2023

Montante equivale ao aporte levantado por startups no terceiro trimestre deste ano

Author Photo
11:15 am - 12 de dezembro de 2023
crise, startups, queda, negativo, problema Imagem: Shutterstock

As startups enfrentaram um ano desafiador em 2023, com mais de 3.200 empresas fracassando após levantar cerca de US$ 27 bilhões em financiamento de risco, conforme levantamento do rastreador de startups PitchBook, divulgado pelo The New York Times.

O valor se equiparou ao montante arrecadado por startups no terceiro trimestre do mesmo ano, indicando um impacto substancial dos fracassos no setor, segundo dados da empresa de contabilidade EY. No entanto, essa cifra provavelmente subestima a verdadeira extensão da perda de caixa, pois muitas empresas podem ter encerrado sem chamar atenção, excluindo também empresas públicas ou adquiridas.

Leia também: Amazônia é principal região de startups de bioeconomia no Brasil

Isso também se dá, possivelmente, por uma queda considerável no financiamento. Nos primeiros nove meses de 2023, o financiamento de capital de risco diminuiu significativamente em relação ao ano anterior, registrando US$ 104,5 bilhões, em comparação com US$ 183,9 bilhões no mesmo período em 2022, segundo dados da EY.

Entre os fracassos notáveis, a WeWork, que captou mais de US$ 11 bilhões, faliu em novembro. A Zume, com investimento de quase US$ 500 milhões, fechou em junho após dificuldades com sua tecnologia de automação de pizzas. Já a Convoy, apelidada de “Uber do transporte rodoviário” e com mais de US$ 1 bilhão em investimentos, fechou as portas em novembro.

*Com informações do The New York Times

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Tags:
Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.