Positivo investe R$ 32 milhões em startup de bioplástico estadunidense

Earth Renewable Technologies está no Brasil desde 2021. Empresa desenvolveu tecnologia que transforma a cana-de-açúcar em plástico

Author Photo
10:29 am - 20 de julho de 2023
Positivo Imagem: Shutterstock

Como parte de suas estratégias em ESG, a Positivo Tecnologia anunciou investimento de R$ 32 milhões na fabricante estadunidense de bioplástico compostável Earth Renewable Technologies (ERT). O aporte permitirá à ERT viabilizar iniciativas sustentáveis na produção de embalagens e sacolas com bioplástico.

Atuando no Brasil desde 2021, a ERT já figura como uma das maiores do setor de bioplástico compostável na América Latina. A empresa desenvolveu uma tecnologia que transforma a cana-de-açúcar em plástico. Basicamente, a startup compra o ácido lático, um composto químico produzido a partir da cana-de-açúcar, e transforma essa substância em bioplástico. Depois de usado, o plástico da ERT pode ser ‘compostado’ e transformado em matéria orgânica, servindo de adubo para plantas, por exemplo. O grande diferencial da tecnologia da ERT é o que o SFRP, sigla para Short Fiber Reinforced Polymer, pode ser usado em diversos materiais, sejam sacolas plásticas, talheres, embalagens de produtos ou copos.

A ERT é liderada pelo brasileiro Kim Fabri, CEO da companhia. A startup exporta seus produtos para os Estados Unidos e países da Europa e da América Latina. Com o aporte da Positivo Tecnologia, a ERT conclui um ciclo bem-sucedido de captação, totalizando R$ 80 milhões levantados. “A formalização dessa parceria reforça nosso propósito e também o olhar cada vez mais intenso para a capacidade que companhias possuem de desenvolver tecnologias locais em solo brasileiro e serem competitivas globalmente”, comentou Fabri.

Positivo e o incentivo à startups

O aporte da Positivo faz parte do seu programa de Corporate Venture Capital e se dá via Fundo de Investimento de Participações (FIP) em startups com soluções sustentáveis. Desde 2018, a legislação permite que empresas beneficiadas pela Lei de Informática apliquem parte de suas obrigações em Fundos de Investimento em Participações que sejam autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários. O investimento também fortalece a busca de alternativas sustentáveis para o mercado em que a Positivo atua.

“Estamos ampliando a pauta ESG em nossos investimentos com o estímulo de startups que tenham soluções para o avanço do desenvolvimento sustentável da Amazônia legal e fortalecimento do ecossistema de inovação regional. O aporte em uma empresa emergente de bioeconomia como a ERT, que foca toda a capacidade tecnológica em prol da inovação e sustentabilidade, demonstra bem essa vertente. Nosso compromisso com a ERT reforça nossas práticas pela busca de soluções que aceleram o uso do bioplástico em descartáveis bem como nossa busca para soluções para utilização em bens duráveis”, afirma Graciete de Lima, responsável pelo Programa de Corporate Venture Capital da Positivo Tecnologia.

A ERT também pega carona na recente implantação em Manaus da Lei Municipal 485/2021 que exige sacolas plásticas de origem bioplástica, acelerando os planos de sua produção na capital amazonense. Dentro dos benefícios da operação no Amazonas está a colaboração com instituições de pesquisa locais no desenvolvimento de novos plásticos compostáveis e no incentivo da utilização de bioinsumos regionais. “Buscamos a evolução contínua dos nossos bioplásticos e incentivamos a bioeconomia local para inserir o Brasil na vanguarda do desenvolvimento sustentável”, explica Emanuel Martins, COO da Earth Renewable Technologies responsável pela unidade Manaus.

Nos últimos três anos, a Earth Renewable Technologies registrou crescimento superior a 15 vezes, o que demostra o potencial acelerado da empresa e do segmento. O plano da startup é multiplicar a capacidade de produção anual por 10 ao passar das 3,5 mil toneladas atuais para cerca de 35 mil ao ano.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.