Frete.com investirá R$ 70 milhões em empresas de IA

Objetivo é combater fraudes. Montante será usado por empreendedores que desenvolverem tecnologias contra roubo de cargas

Author Photo
12:00 pm - 14 de março de 2024
citrosuco, caminhão elétrico, volvo, Frete.com Foto: Divulgação

A Frete.com, plataforma online de intermediação de cargas rodoviárias para a América do Sul, anunciou essa semana que fará R$ 70 milhões em investimentos para combater roubo de cargas na região. O dinheiro será aplicado em empresas que utilizam inteligência artificial (IA) para detectar e prevenir o problema.

No anúncio, a empresa diz buscar companhias early stage (ou seja, em estágio inicial de desenvolvimento), e que irá investir entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões por empresa. Além do dinheiro, elas poderão aproveitar a rede de desenvolvedores e cientistas de dados da Frete.com.

A empresa cita um estudo da NTC&Logística que indica prejuízos de até R$ 1,2 bilhão anualmente com roubos de carga. Dados da Frete.com demonstram que, em média, 95% dos casos são de fraudadores cometendo falsidade ideológica, ou seja, roubando e assumindo a identidade dos motoristas para se apropriarem das cargas.

Leia ainda: Frete.com quer gastar R$ 300 milhões em aquisições

A expectativa da empresa é que os algoritmos de IA sejam capazes de identificar fraudes na plataforma.

“Dada a sofisticação dos fraudadores, os sistemas tradicionais de antifraude não possuem tecnologia suficiente para bloquear o procedimento. O gerenciamento de risco tradicional se baseia em dados cadastrais do passado do motorista”, explica Federico Vega, CEO da Frete.com. “Porém não consegue detectar a falsidade ideológica, neste exemplo. Por isso decidimos investir e embarcar mais tecnologia nesse processo, com ajuda da IA, para ajudar a acabar com esse problema que afeta muito o setor.”

IA já é usada por ladrões

Segundo a Frete.com, fraudadores já são capazes de usar ferramentas de IA disponíveis para o público geral principalmente para falsidade ideológica. Donos de cargas utilizam agências de gerenciamento de risco tradicionais e não conseguem detectar se o motorista para quem estão entregando uma carga é o mesmo que fez a negociação.

Com ferramentas de IA, os fraudadores conseguem gerar documentação falsa do motorista e do caminhão, diz a empresa.

“O futuro da guerra contra a fraude e o roubo de cargas mudou para o setor digital, as ferramentas tradicionais já não servem. Não adianta pesquisar a situação legal ou econômica de um motorista (e seu caminhão) quando você não sabe se está falando com esse motorista mesmo”, diz Vega.

A Frete.com já investiu R$ 250 milhões em tecnologia de IA para antifraude. O objetivo era identificar motoristas idôneos. A empresa conta com uma equipe de 50 cientistas de dados trabalhando nos processos de segurança.

O investimento de R$ 70 milhões, diz a empresa, irá incentivar empreendedores e cientistas de dados a resolverem o problema junto com a empresa.

Interessados em captar o investimento devem entrar em contato com a empresa nesse e-mail.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.