BRLA Digital levanta novo investimento e eleva rodada pré-seed para mais de R$ 4 milhões

Aporte da 99 Capital chega em momento estratégico onde a fintech busca se fortalecer no mercado de pagamentos cross-border e infraestrutura cripto

Author Photo
1:53 pm - 30 de janeiro de 2024
investimentos em GenAI, BRLA Digital Imagem: Shutterstock

A BRLA Digital, que atua no mercado de pagamentos cross-border e infraestrutura cripto, anunciou ter recebido um aporte adicional do fundo 99 Capital para a sua rodada pré-seed. Com o novo investimento, que possui a chancela de Dave Wang, fundador da 99 Capital e ex-Head de crypto do Softbank LatAm, o total do round sobe para mais de R$ 4 milhões.

O aporte chega em um momento estratégico em que a BRLA Digital busca se fortalecer no mercado de pagamentos cross-border e infraestrutura cripto. “A extensão da rodada irá agregar muito ao nosso negócio. Abrimos espaço para mais um investidor, pois enxergamos muito valor em contar com todo o conhecimento de Dave Wang, fundador da 99 Capital e ex-Softbank. Trata-se de um executivo com muita expertise no mercado cripto, de tecnologia e negócios. Será de extrema relevância e importância trabalhar ao lado de uma pessoa que promete impulsionar ainda mais nossa empresa”, diz Matheus Moura, CEO da BRLA Digital.

Leia mais: Startups do Brasil: como superar a queda no número de investimentos com políticas públicas eficientes?

Em comunicado, Wang afirma que a BRLA se destaca por abordar um mercado promissor. “A abordagem da BRLA empregando soluções em blockchain traz uma melhoria significativa para pagamentos cross border, reduzindo custos e tempo de liquidação em ordens de grandeza quando comparado com vias tradicionais”, explica.

Além do CEO, o time de fundadores da BRLA Digital conta com os executivos Luiz Castelo Branco (CTO), Lucas Giorgio (CBDO), Hector Fardin (COO) e Leandro Noel (CSO). Atualmente, a fintech atua com a oferta de infraestrutura financeira e de pagamentos cross-border – em conformidade regulatória – para empresas “crypto-friendly” locais ou do mercado internacional que buscam oportunidade no mercado brasileiro. Para isso, desenvolveu uma stablecoin vinculada ao real (BRLA Token) com o objetivo de fornecer um mecanismo conveniente, econômico e estável para usuários e empresas acessarem o universo das criptomoedas.

A stablecoin da empresa foi aprovada em novembro de 2023 após processo de asseguração conduzido pela UHY Bendoraytes, companhia de auditoria independente.

Com a stablecoin assegurada, a fintech passou a oferecer um diferencial de mercado. Desta forma, busca expandir sua operação no Brasil. “Vamos avançar com nosso plano de ajudar empresas web3-friendly a crescerem no Brasil, além de fortalecer o crescimento do $BRLA como principal stablecoin para liquidação financeira em reais”, comenta Moura.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias! 

Tags:
Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.