B3 lança pantanal.dev, programa para treinar talentos regionais em TI

Programa em parceria com a UFMS deve formar 120 jovens da região Centro-Oeste

Author Photo
7:17 pm - 29 de março de 2023
Rodrigo Nardoni, B3 Rodrigo Nardoni. Foto: Reprodução/LinkedIn

A bolsa de valores de São Paulo, a B3, anunciou nessa quarta (29) um programa de treinamento em tecnologia realizado em parceria com a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) para desenvolver talentos fora do eixo Rio-São Paulo. O pantanal.dev é uma iniciativa conjunta com a PDtec, a BLK e a Neoway, e está em sua segunda edição.

Segundo a B3, o programa treinará 120 jovens seguirá os moldes da primeira edição (veja abaixo), que contou com 40 mentores de empresas B3. Eles auxiliaram os alunos nos desafios propostos. Contará com mais de 200 horas de conteúdo divididos em três módulos (Machine Learning, Data Science e Java), além de lives periódicas sobre o mercado de TI.

O treinamento foi desenvolvido para auxiliar na formação de profissionais de tecnologia para o mercado de trabalho, identificando o potencial de contribuir nos ecossistemas regionais fora do eixo Rio-São Paulo. Segundo a B3, integração com as universidades visa ampliar oportunidades para formação e contratação de talentos, fomentar a transformação socioeconômica das regiões, desenvolver a pesquisa e contribuir para a inovação aberta.

Leia também: Os 10 cursos de tecnologia mais demandados pelas empresas

“A B3 acredita que a tecnologia tem papel fundamental na construção de um amanhã melhor, e isso só é possível por meio da colaboração com grandes visionários, mentes criativas e entidades com propósito inovador e excelência em conhecimento técnico-operacional”, diz Rodrigo Nardoni, VP de tecnologia e segurança cibernética da B3.

Ceará

A primeira edição do programa foi realizada com a Universidade Federal do Ceará (UFC), e chamado de mandacaru.dev. Permitiu a criação de um laboratório de excelência tecnológica no campus, estimulando o ecossistema local. Foi criado também um projeto-piloto na capacitação imersiva dos alunos em três módulos de treinamento: Machine Learning, Data Science e Java. Foram certificados 63 alunos, sendo 10 deles contratados pelas empresas da B3.

“O programa mandacaru.dev com certeza foi um marco muito importante na minha vida profissional, no qual fui capaz de adquirir conhecimentos técnicos de aprendizado de máquina e ciência de dados, e também melhorar minhas habilidades comportamentais. Foi por conta deste programa que consegui meu trabalho na B3, que a todo dia consegue me trazer inúmeros aprendizados técnicos e pessoais, de forma a complementar o aprendizado na Universidade”, comenta William Bruno, um dos alunos do programa que foi contratado pela B3.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.