Notícias

Principais empresas da América Latina e Caribe consideram IA e Open Finance fundamentais, segundo estudo

Em meio aos atuais desafios macroeconômicos, a América Latina e Caribe vem se mostrando um terreno fértil para resiliência e inovação, com muitas empresas proeminentes liderando inovações em escala e impulsionando a região rumo a um futuro digital próspero. É o que apontam os resultados do novo Índice de Inovação da Visa (NYSE: V), que identificou que IA e Open Finance são as tecnologias de ponta que atualmente inspiram as principais companhias da região a transformar suas operações, modernizar sua infraestrutura de back-end e fornecer ofertas personalizadas baseadas em dados a custos mais baixos. 

Leia mais: Microsoft fecha acordo com a empresa francesa Mistral AI, principal concorrente da OpenAI na EU

A pesquisa, realizada com 122 empresas líderes em 10 mercados da América Latina e Caribe, destaca que a maioria das organizações entrevistadas (75%) considera que IA e Open Finance/Banking transformarão seus negócios nos próximos dois anos. Essas duas tecnologias, juntamente com cripto/blockchain e pagamentos em tempo real (incluindo carteiras digitais), são consideradas as quatro principais inovações que afetarão o sistema de negócios na região nos próximos 5 a 7 anos.

Aqui estão as principais conclusões do Estudo de Inovação da Visa: 

A chegada da IA generativa na América Latina e no Caribe

A pesquisa da Visa revela que a maioria das empresas pesquisadas reconhece que a IA generativa será a tecnologia ideal para todos que quiserem inovar, manter sua competitividade e crescer. 

O estudo mostra que a maioria das organizações (86%) já está realizando um piloto ou usando uma ferramenta de IA generativa, mas muitas ainda estão explorando como integrar totalmente a IA às suas operações, equilibrando custos, questões de privacidade e outras necessidades operacionais.  

Entre as 72 empresas que forneceram perspectivas adicionais sobre o uso de IA, 54% estão usando para automação de atendimento ao cliente/chatbot, 48% para prevenção de fraude, 45% para escrever código e 44% para gerar novos conteúdos de marketing.

O Open Finance está impulsionando produtos novos e personalizados

O Open Finance permite que os consumidores se conectem e compartilhem dados de forma segura em todo o sistema financeiro, permitindo que as empresas ofereçam uma experiência de comércio personalizada e baseada em dados. O estudo mostra um crescente entusiasmo por Open Finance, com 75% das empresas pesquisadas já nas etapas de categorização ou expansão. 

Em termos de mercados, o Brasil se destaca como líder em Open Finance, alcançando cinco milhões de contas conectadas em 1,5 anos, cinco vezes mais rápido do que o Reino Unido. Mercados como Colômbia e México estão desenvolvendo regulamentos para Open Finance, enquanto a Argentina e o Peru estão nos estágios iniciais das discussões.

Rumo à tecnologia baseada em blockchain

A inovação em blockchain está surgindo na forma de contratos inteligentes, tokenização de ativos do mundo real (RWA) e moedas digitais de bancos centrais. Na verdade, a cripto/blockchain foi selecionada como a terceira tecnologia que mais deve impactar a transformação das empresas da região.  

Na América Latina e no Caribe, estamos testemunhando os primeiros relances dessa tecnologia com algumas empresas que usam blockchain para tokenizar mercadorias, depósitos bancários e outros Ativos do Mundo Real (RWA). Esse é o caso do Agrotoken, uma empresa Argentina que usa uma tokenização baseada em blockchain para ajudar fazendeiros a converter grãos em criptoativos reais e confiáveis, democratizando a agroindústria e descobrindo novas oportunidades de crescimento.

Pagamentos em tempo real podem desbloquear trilhões de dólares em capital

O estudo mostra que nos próximos 2 a 7 anos, a região vai gravitar em direção às redes de valor digital impulsionadas por Pagamentos em Tempo Real (RTP), com pagamentos instantâneos e interoperáveis de qualquer tipo de valor digital (por exemplo, cripto, pontos de fidelidade, ativos tokenizados do mundo real e NFTs). As redes de RTP e carteiras P2P estão ajudando a modernizar os pagamentos na América Latina e no Caribe, e 29% dos entrevistados da pesquisa afirmam que são as principais e mais empolgantes tendências em pagamentos.  

A rede de pagamentos em tempo real do Banco Central do Brasil tornou-se uma sensação global, enquanto no Peru, na Colômbia, na Argentina e no Chile as carteiras móveis que permitem P2P instantâneo são uma história de sucesso. 

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias! 

Recent Posts

IA e abuso infantil: desafios tecnológicos para a proteção das crianças on-line

Um relatório da Universidade de Stanford alerta que o Centro Nacional de Crianças Desaparecidas e…

3 horas ago

Compass UOL reúne empresas adquiridas no AI/R Group

A Compass UOL, junto de suas empresas adquiridas nos últimos anos - Avenue Code, EdgyLabs,…

4 horas ago

Lideranças do Instituto Heineken, Petrobras e Basf discutem futuro sustentável no Distrito Itaqui

Nesta segunda-feira (22), em que se celebrou o Dia do Planeta, cerca de 30 executivos…

5 horas ago

EXCLUSIVO: AWS anuncia funcionalidades no Bedrock com foco em eficiência e diminuição de custo

A AWS tem como estratégia ser capaz de oferecer aos seus clientes opções de modelos…

6 horas ago

Sicoob Engecred investe em tecnologia e se torna cooperativa plena

Uma das maiores cooperativas do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), o Sicoob…

6 horas ago

Zendesk aumenta incorporação de GenAI no portfólio de experiência do cliente

A Zendesk anunciou na semana passada, durante evento nos EUA, uma série de lançamentos que…

8 horas ago