97% dos brasileiros acreditam estar mais produtivos no trabalho

Gestores acreditam que modelo híbrido se tornou um desafio

Author Photo
3:10 pm - 23 de setembro de 2022

Quase todos (97%) os colaboradores no Brasil disseram que estão mais produtivos no trabalho. Apesar disso, na visão de 88% dos gestores locais, a mudança para o modelo híbrido de trabalho trouxe um desafio de entender se as pessoas estão sendo produtivas, de acordo com o Relatório Pulse do Índice de Tendências do Trabalho: “Trabalho híbrido é apenas trabalho. Estamos fazendo isso errado?”, realizada pela Microsoft. Na média global esses dados são 87% e 85%, respectivamente.

Quando comparado com a média global, os brasileiros estão mais propensos a trabalhar presencialmente. Globalmente, 73% dos trabalhadores e 78% dos líderes, relataram que precisam de uma razão melhor para ir ao escritório e que apenas as políticas da companhia não serão suficientes para influenciar sua decisão de ir ou não para o escritório. No Brasil, a média é de 60% e 62%, respectivamente.

O levantamento também revelou que 2 em cada 3 brasileiros afirmaram que trabalhariam mais tempo em uma empresa se tivessem mais oportunidades de mobilidade interna, enquanto a média global é de 68%. Segundo o relatório, as gerações Z e Millenials são um pouco mais propensas a permanecer em seus empregos se tiverem a oportunidade representados por 69% no Brasil, contra 73% na média global.

Do total, 81% dos funcionários no Brasil disseram que ficariam mais tempo na companhia se pudessem se beneficiar mais desse tipo de oportunidade, acima da média global de 76%. Ao escalar para o nível de liderança e tomadores de decisão, 87% dos brasileiros disseram que a capacitação pode ser um fator de retenção, contra 83% da média de liderança global. Já em termos de saúde mental, 38% dos funcionários brasileiros reportaram que estão passando por burnout no trabalho, um número abaixo da média global de 48%. Ao fazer um recorte por gestores, os números são 38% no Brasil e 53% globalmente.

“Colaboradores bem-sucedidos darão uma vantagem competitiva às organizações no atual ambiente de dinamismo econômico”, disse Satya Nadella, CEO da Microsoft. “Hoje, estamos anunciando inovações na Microsoft Viva, nossa plataforma de experiência do funcionário. As novidades têm o objetivo de auxiliar os líderes a acabar com a paranóia da produtividade, reconstruir o capital social e re-recrutar e reenergizar seus funcionários.”

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.