SoftBank investirá mais US$ 3 bilhões em startups da América Latina

Fundo já investiu em 15 dos 25 unicórnios latino-americanos, incluindo Quinto Andar, Rappi, Mercado Bitcoin, Gympass e MadeiraMadeira

Author Photo
1:12 pm - 14 de setembro de 2021

SoftBank Group Corp. anunciou, nesta terça-feira (14), que pretende investir US$3 bilhões de seu fundo de investimento privado voltado para empresas de tecnologia da América Latina. Em 2019, a instituição já havia disponibilizado um fundo para a região no valor de US$ 5 bilhões, que resultou no aporte a 15 dos 25 unicórnios latino-americanos, como Quinto Andar, Rappi, Mercado Bitcoin, Gympass e MadeiraMadeira.

O objetivo é investir em empresas habilitadas para tecnologia nos diversos estágios de desenvolvimento que priorizam tecnologias emergentes e IA, com foco em comércio eletrônico, serviços financeiros digitais, saúde, educação, blockchain e softwares corporativos e outros. O montante ainda pode ser ampliado com capital adicional.

Leia mais: ESG no topo: os desafios práticos da responsabilidade corporativa 

Segundo Marcelo Claure, diretor corporativo, vice-presidente executivo e diretor operacional do SoftBank e diretor executivo do SoftBank Group International, a expectativa é que 2022 seja o maior ano em termos de IPO da história da América Latina. “Agora é a hora de dobrarmos nosso compromisso com a região. Continuaremos a apoiar o crescimento de empresas de tecnologia em quase três dezenas de países e temos orgulho de ser o investidor em tecnologia mais ativo na região”, enfatizou o líder do SoftBank Latin America Funds.

“A América Latina é uma parte crucial de nossa estratégia – e é por isso que estamos expandindo nossa presença e dobrando nosso compromisso, com Marcelo no comando”, ressaltou Masayoshi Son, diretor representante, diretor corporativo, presidente e diretor executivo do SoftBank .

O fundo já investiu US$ 3,5 bilhões em 48 empresas da região com um valor de US$ 6,9 bilhões, até 30 de junho de 2021. Além disso, gerou um IRR líquido de 85% e ajudou a aumentar o valor das empresas do portfólio, incluindo 4,4x para Kavak, 4,4x para VTEX, 2,6x para QuintoAndar e 3,5x para Inter. Também diversificou esforços para toda a região, alcançando startups do Brasil, México, Chile, Colômbia, Argentina e Equador.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.