Sankhya adquire empresa de CRM Ploomes

É a terceira compra da companhia de ERP em menos de um ano. IPO é esperado, diz CFO

Author Photo
6:31 pm - 05 de agosto de 2022
André Britto, CFO da Sankhya. Imagem: Divulgação

A Sankhya, desenvolvedora brasileira de ERPs, anunciou a aquisição majoritária da Ploomes, fabricante de soluções de CRM. É a terceira aquisição que a companhia faz em menos de um ano. A Neppo, de soluções de comunicação omnichannel, e a Ponto Tel, de RH, foram adquiridas recentemente.

André Britto, CFO da Sankhya, afirma ter mais aquisições no radar da empresa. Por mês, diz o CFO, mais de 30 companhias são avaliadas.

“Seguimos nossa estratégia de M&A de forma acelerada e esperamos mais aquisições até o final do ano, sempre com foco em encontrar empresas que apresentem soluções complementares às nossas e que agreguem valor aos nossos clientes, ampliando as funcionalidades que já dispomos, para proporcionar uma experiência única aos usuários”, afirma Britto.

O ritmo acelerado de aquisições da Sankhya se dá após a empresa ter recebido o aporte de R$ 425 milhões do fundo GIC. “O que impulsionou todo esse movimento que, junto a outras iniciativas, deve nos levar a um faturamento de R$ 1 bilhão e um possível IPO”, acrescenta.

Leia também: 100+ Inovadoras: bancos apostam em multicloud, engajamento digital e metaverso

Breno Riether, CGO da Sankhya, comenta o porquê da escolha da Ploomes. “Dentro do mercado de CRM, ela é a que tem o melhor produto, o maior potencial de escala e a melhor sinergia com nossa base de clientes e cultura”. Com sede na capital paulista, a Ploomes atua em todo o Brasil, com cerca de 140 colaboradores e mais de mil clientes, entre eles, Votorantim Cimentos, Philips e Unimed.

A partir da aquisição, o CRM da Ploomes passa a fazer parte da oferta de EIP da Sankhya. “As ferramentas serão disponibilizadas de maneira totalmente integrada, o que reduzirá bastante o custo alto e o longo prazo que geralmente demandam as integrações entre CRM e ERP”, comenta Riether.

Para Matheus Pagani, CEO da Ploomes, o negócio trará benefícios para a empresa. “Temos crescido de forma acelerada e com o potencial do nome Sankhya reforçando nossa marca, esse crescimento será ainda mais agressivo. Ganharemos impulso para mostrar ao mercado a nossa proposta que é automatizar processos, levando produtividade a colaboradores e controle a gestores, transformando rotinas, da operação à gestão, para auxiliar nossos clientes a alcançar um maior engajamento em vendas”.

Pagani ressalta que, além dele, os outros sócios originais da companhia, Vinicius Sampaio e Tiago Pagani continuarão na operação.

Os valores da transação não foram divulgados pelas empresas.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.