Oracle apresenta as plataformas Exadata X9M de nova geração

Plataforma de banco de dados traz mais agilidade e suporta até 42% mais cargas de trabalho com do que geração anterior

Author Photo
8:30 pm - 28 de setembro de 2021

A Oracle anunciou nesta terça-feira (28) a disponibilidade das plataformas Oracle Exadata X9M, nova geração de sistemas para execução do banco de dados Oracle. As novas ofertas do Exadata X9M incluem Oracle Exadata Database Machine X9M e Exadata Cloud@Customer X9M.

Segundo a empresa, as plataformas Exadata X9M de nova geração aceleram o processamento de transações online (OLTP) com taxas de IOPs 70% mais altas e latências de IO com menos de 19 microssegundos.

Elas também oferecem um aumento de até 87% no rendimento de SQL analítico e nas cargas de trabalho de aprendizado de máquina. De acordo com a companhia, clientes poderão reduzir custos de execução de cargas de trabalho transacionais em até 42% e as cargas de trabalho analíticas em até 47%.

“Para o X9M, adotamos as CPUs, redes e hardware de armazenamento mais recentes e otimizamos nosso software para oferecer um desempenho mais rápido. Os clientes obtêm o OLTP mais rápido, as análises mais ágeis e a melhor consolidação – tudo pelo mesmo preço da geração anterior”, disse Juan Loaiza, vice-presidente executivo de Tecnologias de Banco de Dados de Missão Crítica da Oracle.

Oracle Exadata Cloud@Customer X9M

O Exadata Cloud@Customer X9M é mais rápido do que as gerações anteriores, com taxas de varredura até 80% mais ágeis, IOPS 87% maior e latência de leitura SQL de menos de 19 microssegundos.

A Oracle afirma que o desempenho da solução, aliado ao não aumento de preços, reduz os custos em até 47% em comparação com os sistemas da geração anterior, enquanto a expansão elástica do armazenamento oferece custos de infraestrutura até 45% mais baixos para cargas de trabalho em grande escala.

A empresa diz ainda que, em comparação com o Amazon RDS, que usa armazenamento totalmente flash, o Exadata Cloud@Customer X9M oferece latência OLTP 50 vezes melhor; e até 100 vezes superior ao Microsoft Azure SQL, que também usa armazenamento flash.

Oracle Autonomous Database

O Oracle Autonomous Database também agora está disponível no Exadata Cloud@Customer X9M. De acordo com a organização, o Database agora conta com suporte para pequenos bancos de dados executados com CPUs fracionadas, permitindo a consolidação, o desenvolvimento de aplicativos e os testes de forma ágil e de baixo custo.

Aplicativos de negócios agora também terão acesso ao provisionamento simplificado de recuperação de desastres, usando Oracle Autonomous Data Guard entre regiões, bem como o Oracle GoldenGate para replicação de dados heterogêneos e processamento de dados de streaming para análises em tempo real.

Oracle Exadata Database Machine X9M

A plataforma principal Exadata X9M é construída usando uma arquitetura de scale-out que combina as CPUs Intel Optane, memória Intel Optane e RDMA over Converged Ethernet (RoCE) para fornecer até 27,6M IOPS e menos 19 microssegundos latência para OLTP.

Cada rack Exadata X9M oferece mais de 1 TB/s de taxa de transferência de varredura analítica e fornece até 576 CPUs em servidores de armazenamento inteligentes para processar consultas SQL de baixo nível, análises e algoritmos de aprendizado de máquina.

Com 33% mais CPUs e memória do servidor de banco de dados, bem como 28% mais armazenamento do que as gerações anteriores, a companhia afirma que o Exadata X9M pode consolidar ainda mais bancos de dados Oracle em um único sistema Exadata, reduzindo custos e complexidade.

Zero Data Loss Recovery Appliance X9M

Por fim, a Oracle anunciou a disponibilidade do Zero Data Loss Recovery Appliance X9M. O Recovery Appliance foi desenvolvido para proteger os bancos de dados Oracle, com recursos como recuperação de bancos de dados sem perda e validação de backups automaticamente, para garantir a capacidade de recuperação dessas informações.

Entres os novos recursos da solução estão o Cyber Vault, focado em recuperação de ataques de malware e ransomware. A nova versão do Recovery Appliance aumenta a capacidade de armazenamento em 30% e terá uma redução de 50% no preço base.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.