O que é um engenheiro de dados? Uma função analítica em alta demanda

Os engenheiros de dados são membros vitais de qualquer equipe de análise de dados corporativos

Author Photo
11:16 am - 18 de agosto de 2022

Os engenheiros de dados projetam, constroem e otimizam sistemas para coleta, armazenamento, acesso e análise de dados em escala. Eles criam pipelines de dados usados por cientistas de dados, aplicativos centrados em dados e outros consumidores de dados.

Essa função de TI requer um conjunto significativo de habilidades técnicas, incluindo profundo conhecimento do design do banco de dados SQL e várias linguagens de programação. Os engenheiros de dados também precisam de habilidades de comunicação para trabalhar entre departamentos e entender o que os líderes de negócios desejam obter com os grandes conjuntos de dados da empresa.

Os engenheiros de dados geralmente são responsáveis por construir algoritmos para acessar dados brutos, mas, para isso, eles precisam entender os objetivos de uma empresa ou cliente, pois alinhar as estratégias de dados com as metas de negócios é importante, especialmente quando grandes e complexos conjuntos de dados e bancos de dados estão envolvidos.

Os engenheiros de dados também devem saber como otimizar a recuperação de dados e como desenvolver painéis, relatórios e outras visualizações para as partes interessadas. Dependendo da organização, os engenheiros de dados também podem ser responsáveis por comunicar as tendências dos dados. Organizações maiores geralmente têm vários analistas de dados ou cientistas para ajudar a entender os dados, enquanto empresas menores podem contar com um engenheiro de dados para trabalhar em ambas as funções.

O papel do engenheiro de dados

De acordo com a Dataquest, existem três funções principais nas quais os engenheiros de dados podem se encaixar. Esses incluem:

– Generalista: Engenheiros de dados que normalmente trabalham para pequenas equipes ou pequenas empresas usam muitos chapéus como uma das poucas pessoas “focadas em dados” na empresa. Esses generalistas geralmente são responsáveis por todas as etapas do processo de dados, desde o gerenciamento dos dados até a análise. A Dataquest diz que esse é um bom papel para quem deseja fazer a transição da ciência de dados para a engenharia de dados, pois empresas menores geralmente não precisam projetar para escala.
– Centrado em pipeline: Frequentemente encontrado em empresas de médio porte, os engenheiros de dados centrados em pipeline trabalham ao lado de cientistas de dados para ajudar a usar os dados que coletam. Os engenheiros de dados centrados em pipeline precisam de “conhecimento profundo de sistemas distribuídos e ciência da computação”, de acordo com a Dataquest.
– Centrado em banco de dados: em organizações maiores, onde o gerenciamento do fluxo de dados é um trabalho em tempo integral, os engenheiros de dados se concentram em bancos de dados analíticos. Os engenheiros de dados centrados em banco de dados trabalham com data warehouses em vários bancos de dados e são responsáveis pelo desenvolvimento de esquemas de tabela.

Descrição do trabalho do engenheiro de dados

Os engenheiros de dados são responsáveis por gerenciar e organizar os dados, além de ficarem atentos a tendências ou inconsistências que afetarão as metas de negócios. É uma posição altamente técnica, exigindo experiência e habilidades em áreas como programação, matemática e ciência da computação. Mas os engenheiros de dados também precisam de soft skills para comunicar tendências de dados a outras pessoas na organização e ajudar a empresa a usar os dados que coleta. Algumas das responsabilidades mais comuns de um engenheiro de dados incluem:

Desenvolver, construir, testar e manter arquiteturas
Alinhar a arquitetura com os requisitos de negócios
Adquirir dados
Desenvolver processos de conjunto de dados
Usar linguagem de programação e ferramentas
Identificar maneiras de melhorar a confiabilidade, a eficiência e a qualidade dos dados
Realizar pesquisas para questões da indústria e negócios
Usar grandes conjuntos de dados para resolver problemas de negócios
Implantar programas de análise sofisticados, machine learning e métodos estatísticos
Preparar dados para modelagem preditiva e prescritiva
Encontrar padrões ocultos usando dados
Usar dados para descobrir tarefas que podem ser automatizadas
Fornecer atualizações para as partes interessadas com base em análises

Engenheiro de dados vs. cientista de dados

Engenheiros de dados e cientistas de dados geralmente trabalham juntos, mas têm funções muito diferentes. Os engenheiros de dados são responsáveis por desenvolver, testar e manter pipelines de dados e arquiteturas de dados. Os cientistas de dados usam a ciência de dados para descobrir insights de grandes quantidades de dados estruturados e não estruturados para moldar ou atender a necessidades e objetivos de negócios específicos.

Engenheiro de dados x arquiteto de dados

As funções de engenheiro de dados e arquiteto de dados estão intimamente relacionadas e frequentemente se confundem. Os arquitetos de dados são visionários seniores que traduzem requisitos de negócios em requisitos de tecnologia e definem padrões e princípios de dados. Eles visualizam e projetam a estrutura de gerenciamento de dados corporativos de uma organização. Os engenheiros de dados trabalham com o arquiteto de dados para criar essa visão, construindo e mantendo os sistemas de dados especificados pela estrutura de dados do arquiteto de dados.

Salário de engenheiro de dados

De acordo com a Glassdoor, o salário médio de um engenheiro de dados é de US$ 117.671 por ano, com uma faixa salarial relatada de US$ 87.000 a US$ 174.000, dependendo das habilidades, experiência e localização. Engenheiros de dados sênior ganham um salário médio de US$ 134.244 por ano, enquanto engenheiros de dados líderes ganham um salário médio de US$ 139.907 por ano.

Habilidades do engenheiro de dados

As habilidades em seu currículo podem afetar suas negociações salariais – em alguns casos em mais de 15%. De acordo com dados da PayScale, as seguintes habilidades de engenharia de dados estão associadas a um aumento significativo nos salários informados:

Ruby: +32%
Oracle: +26%
MapReduce: +26%
JavaScript: +24%
Amazon Redshift: +21%
Apache Cassandra: +18%
Apache Sqoop: +12%
Data Quality: +11%
Apache HBase: +10%
Statistical Analysis: +10%

Certificações de engenheiro de dados

Apenas algumas certificações específicas para engenharia de dados estão disponíveis, embora existam muitas certificações de ciência de dados e big data para escolher se você quiser expandir além das habilidades de engenharia de dados.

Ainda assim, para provar seu mérito como engenheiro de dados, qualquer uma dessas certificações ficará ótima em seu currículo:

Amazon Web Services (AWS) Certified Data Analytics – Specialty
Cloudera Data Platform Generalist
Data Science Council of America (DASCA) Associate Big Data Engineer
Google Professional Data Engineer

Tornando-se um engenheiro de dados

Os engenheiros de dados geralmente têm formação em ciência da computação, engenharia, matemática aplicada ou qualquer outro campo de TI relacionado. Como a função exige grande conhecimento técnico, aspirantes a engenheiros de dados podem achar que um bootcamp ou certificação por si só não será suficiente para a concorrência. A maioria dos trabalhos de engenharia de dados exige pelo menos um diploma de bacharel relevante em uma disciplina relacionada, de acordo com a PayScale.

Você precisará de experiência com várias linguagens de programação, incluindo Python e Java, e conhecimento de design de banco de dados SQL. Se você já tem formação em TI ou uma disciplina relacionada, como matemática ou analytics, um bootcamp ou certificação pode ajudar a adaptar seu currículo às posições de engenharia de dados. Por exemplo, se você trabalhou em TI, mas não realizou um trabalho específico de dados, pode se inscrever em um bootcamp de ciência de dados ou obter uma certificação de engenharia de dados para provar que possui as habilidades além de outros conhecimentos de TI.

Se você não tem experiência em tecnologia ou TI, pode ser necessário se inscrever em um programa aprofundado para demonstrar sua proficiência na área ou investir em um programa de graduação. Se você tem um diploma de graduação, mas não está em um campo relevante, sempre pode procurar programas de mestrado em análise de dados e engenharia de dados.

Em última análise, dependerá da sua situação e dos tipos de trabalhos em que você está de olho. Reserve um tempo para procurar vagas de emprego para ver o que as empresas estão procurando, e isso lhe dará uma ideia melhor de como seu histórico pode se encaixar nessa função.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.