Número de empresas de tecnologia no Brasil salta 55% em dois anos

Faturamento do setor foi de R$ 426,9 bilhões no ano passado, aponta Tech Report 2021, da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e Neoway

Author Photo
3:11 pm - 16 de dezembro de 2021
Imagem: Shutter Stock

Em um biênio marcado pela transformação e avanço do setor de tecnologia, o Brasil viu uma expansão no número de empresas envolvidas no setor. Só no ano passado, foram criadas 85 mil empresas neste segmento no país, o que representa um salto de 25,1% em relação a 2019.

Entre 2018 e 2020, o acréscimo foi de 55,5%. Com o avanço, o setor de tecnologia soma 422,3 mil negócios.

Os dados são do Tech Report 2021, estudo realizado pelo Observatório da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e pela Neoway, com apoio da Finep, e lançado nesta quarta-feira (15).

Segundo o levantamento, o faturamento total do setor de tecnologia brasileiro foi de R$ 426,9 bilhões em 2020, o que representa 5,6% do PIB do país.

São Paulo concentra quase metade (48,4%) do total faturado, com cerca de R$ 206 bilhões. Rio de Janeiro (10%), Minas Gerais (6,3%) e Rio Grande do Sul (5,4%) aparecem na sequência. Em comparação com 2019, o faturamento do setor cresceu 5,4%.

Ao fazer uma análise aprofundada do setor de tecnologia, vemos um crescimento sustentável, mesmo em um período de pandemia. Com a transformação digital acelerada, tivemos aumento do faturamento, abertura de empresas e colaboradores. Isso é resultado de um empreendedorismo inovador, articulações e parcerias entre entidades, empresas, Academia e Governo”, destaca Iomani Engelmann, presidente da ACATE.

Além de responder por quase metade do faturamento, São Paulo também se destaca no número de empreendedores. O estudo mostra que 542 mil empreendedores movimentam o setor de tecnologia do Brasil. A maioria atua em São Paulo, que detém 36,4% de participação e soma cerca de 197 mil empreendedores.

O Rio de Janeiro aparece na segunda posição com 50 mil empreendedores e participação de 9,2%. No terceiro lugar do ranking está Minas Gerais, com 39 mil empreendedores e 7,2% de participação.

Santa Catarina: estado mais especializado do país

O estudo destaca ainda o estado de Santa Catarina como o “o mais especializado do Brasil pelo terceiro ano consecutivo”. Segudo o relatório, mais da metade (61,5%) das ocupações In Core, ou seja, profissionais atuando diretamente em empresas especializadas em tecnologia. No Brasil, esse percentual é de 42,7%. O estudo reforça que quanto maior o nível de colaboradores atuando In Core, maior a especialização da solução.

“A tendência de Santa Catarina é avançar cada vez mais na especialização das empresas de tecnologia. Na última década, o número de profissionais In Core dobrou no estado, chegando a 19 mil em 2019. Os números e iniciativas catarinenses são um exemplo de ecossistema para o Brasil e para o mundo”, reforça Engelmann.

As informações apresentadas no Tech Report 2021 têm como fonte principal o Sistema de BI do Observatório ACATE, desenvolvido pela Neoway. O levantamento contempla dados de empresas, faturamento, empreendedores e trabalhadores. Também foram consultados os dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.