Microsoft usará IA e imagens de satélite para mapear energia renovável

Projeto em parceria com Planet Labs e The Nature Conservancy busca abrir insights sobre a produção de energia limpa de cada país

Author Photo
5:12 pm - 23 de setembro de 2022

Usando inteligência artificial (IA) e imagens de satélite, a Microsoft, o Planet Labs e o The Nature Conservancy vão mapear o progresso da adoção de energia renovável no mundo. Os dados abertos serão abertos e disponíveis para acompanhamento público.

As três organizações anunciaram na última quinta-feira (22) planos para o lançamento do Global Renewables Watch (GRW). Trata-se de um atlas vivo inédito destinado a mapear e medir todas as instalações solares e eólicas em escala de utilitários na Terra.

O GRW promete trazer insights sobre cada país, relacionados ao progresso da produção de energia renovável e tendências de desenvolvimento. “Com acesso a dados de satélite a partir de 2018, e planejando atualizar o atlas duas vezes por ano, o GRW tem como objetivo mostrar a capacidade de energia renovável dos países, ajudar a entender essa capacidade e reconhecer padrões do impacto potencial da energia renovável no cenário no longo prazo, e não como um momento no tempo”, explicaram as organizações em comunicado.

A expectativa é que o primeiro inventário global completo deva ser concluído até o início de 2023, momento em que os resultados passarão por uma validação técnica e científica.

Leia mais: Salesforce entra no mercado de crédito de carbono e anuncia ‘CRM em tempo real’

Para este programa conjunto, a Microsoft está fornecendo a tecnologia de IA e a plataforma, a Planet está contribuindo com as imagens de satélite subjacentes, e a The Nature Conservancy está fornecendo a expertise sobre o assunto para análise dos dados coletados.

“O mundo precisa de acesso a dados para tomar decisões ambientais responsáveis, e o Global Renewables Watch servirá como uma ferramenta crítica para entender o progresso da humanidade no cumprimento das metas do Acordo Climático de Paris e no cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas para garantir o acesso a energias acessíveis, confiáveis, sustentáveis e modernas para todos”, explica em comunicado o vice-presidente da Microsoft e Chied Data Scientist, Juan Lavista Ferres.

Na avaliação da iniciativa, os métodos atuais para rastrear projetos de energia solar e eólica globalmente são imensamente complexos, cortando inúmeras jurisdições e com grande parte dos dados mantidos por organizações privadas. O GRW, portanto, visa fornecer esses dados, acoplando IA com imagens de satélite de alta resolução e apresentando-os em uma série temporal atualizada dinamicamente.

O GRW disponibilizará seus dados e resultados no endereço GlobalRenewablesWatch.org, para integração em análises mais amplas.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.