Microsoft pode permitir que os usuários do Windows 11 ignorem o Edge como navegador padrão

Nova versão do Windows 11 permite aos usuários definir navegadores diferentes do Edge como padrão

Author Photo
10:00 am - 06 de dezembro de 2021
microsoft-edge-logo

A Microsoft parece ter ouvido os usuários que estavam preocupados com uma compilação do Windows 11 que frustrou uma solução alternativa de terceiros que lhes permitia definir seu navegador padrão para algum diferente do Edge.

A mudança ainda não foi implementada na versão estável atual do Windows 11; ela está sendo oferecida aos usuários do programa Insider da Microsoft no Canal Dev para desenvolvedores.

Em seu blog mais recente sobre o Windows 11 Build 22509, a Microsoft deu crédito aos comentários dos usuários pelas mudanças. A Microsoft descreveu as mudanças como “melhorias que tornam a navegação na web no Microsoft Edge com o Narrator mais fácil”.

“No Windows 11 Insider Preview Build 22509 lançado para o Canal Dev na quarta-feira, simplificamos a capacidade de um Windows Insider definir o ‘navegador padrão’ para aplicativos registrados para http:, https:, .htm e .html.”, escreveu Aaron Woodman, vice-presidente de Marketing do Windows, em uma resposta por e-mail à Computerworld. “Por meio do Programa Windows Insider, você continuará a nos ver experimentando coisas novas com base nos comentários e testes dos clientes”.

Esta última mudança no Build foi identificada por Raphael Rivera no Twitter e relatada pela primeira vez pela publicação on-line Betanews.

No mês passado, o criador do EdgeDeflector, uma solução alternativa gratuita para habilitar navegadores de terceiros como configuração padrão em máquinas Windows, reclamou que o Windows 11 Build (22494) pressionou um usuário a definir o Edge como seu navegador trazendo links como microsoft-edge:https://.

“Essas não são mais ações de uma empresa atenta que se preocupa mais com seu produto. A Microsoft não é uma boa administradora do sistema operacional Windows”, escreveu Daniel Aleksandersen, que criou o aplicativo gratuito EdgeDeflector há quatro anos, em um post de blog.

De acordo com Aleksandersen, cerca de 500.000 pessoas usam EdgeDeflector, um número relativamente pequeno em comparação com 1,3 bilhão de sistemas executando o Windows 10. O Windows 11 foi lançado em 5 de outubro e atualmente está em até 8,9% dos PCs, de acordo com o fornecedor de métricas AdDuplex.

O último Windows 11 Build (22509), lançado em 1º de dezembro, também apresenta “um bom conjunto de melhorias, incluindo novas opções de layout para ‘Iniciar’, relógio e data – que agora serão exibidos em monitores secundários – e alterações nas ‘Configurações’”, disse a Microsoft em seu blog.

Normalmente, um sistema usa qualquer navegador definido como padrão para exibir links https://. A versão mais recente do Windows 11 (22494), no entanto, parece levar um usuário a definir o Edge como seu navegador, trazendo links como microsoft-edge:https://.

Em outras palavras, a versão anterior da Microsoft atualizou o Windows 11 Preview para bloquear qualquer tentativa de redirecionar alguns URLs para fora do navegador Edge.

O programa Windows Insider oferece três canais para os primeiros usuários: um Canal Dev, onde novos recursos são introduzidos para o teste inicial; um Canal Beta, onde recursos mais completos são incluídos para o teste final (melhor para usuários que desejam as compilações mais estáveis); e um canal Program Release Preview para testar atualizações cumulativas. Após feedback da comunidade Insider, a Microsoft pode modificar, manter ou remover atualizações.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.