Bancos digitais e de varejistas viram alternativa de crédito para brasileiros

Quase metade planeja obter financiamento em bancos digitais nos próximos 12 meses, diz estudo da TransUnion

Author Photo
5:30 pm - 01 de abril de 2024
bancos digitais

Mais de quatro em cada dez (43%) dos brasileiros afirmam que, nos últimos 12 meses, pelo menos uma pessoa de seu núcleo familiar utilizou um cartão de crédito de uma rede varejista (como um supermercado ou loja de departamento, por exemplo). Segundo um estudo da TransUnion divulgado essa semana, com dados do quarto trimestre de 2023, isso ocorre por uma carência de acesso à crédito no País: 24% dos entrevistados acreditam não ter acesso suficiente a produtos de crédito.

No Brasil, 61% dos entrevistados acham que é importante ter acesso a crédito e produtos de empréstimo para atingir objetivos financeiros. Os 24% que acreditam não ter acesso suficiente a crédito representam um aumento de oito pontos percentuais em relação ao resultado obtido pelo estudo no quarto trimestre de 2022 (eram 16%).

Para a TransUnion, em ambiente de crescente demanda por crédito, os brasileiros têm buscado alternativas para atender necessidades financeiras, principalmente usando bancos digitais e lojas de varejo. No quarto trimestre de 2023, 26% dos ouvidos afirmaram ter usado parcelamento direto do varejista, e 22% que possuem conta e/ou cartão de crédito em lojas de departamentos ou roupas.

“A população brasileira tem grande demanda por bens e serviços que facilitem sua vida e o crédito é um dos principais meios para acessá-los. Fintechs, bancos digitais e varejistas vêm atendendo em boa parte a essa demanda por inclusão financeira a partir da oferta de produtos de crédito facilitado e aderentes às necessidades de seus públicos”, alega Cláudio Pasqualin, vice-presidente de soluções da TransUnion Brasil.

Bancos digitais

Outra forma popular de acesso a produtos e serviços financeiros são os bancos digitais. No quarto trimestre de 2023, mais da metade dos entrevistados (54%) afirmou já ter sido cliente de cartão de crédito de um banco digital. Além disso, há interesse significativo entre os entrevistados em se tornarem clientes ou expandirem relacionamento com essas instituições: 46% planejam obter empréstimo ou cartão de crédito de uma fintech em 2024.

Veja também: Empresas de tecnologia são as que mais buscam internacionalização para os EUA

Além disso, 51% dos pesquisados já adotaram carteiras digitais para enviar ou receber dinheiro (entre os Millennials, o número chega a 57%). A alta penetração dos bancos digitais, segundo a empresa, mostra oportunidade para empresas que atuam no mercado bancário e desejam expandir atuação.

Barreiras de acesso

Segundo o estudo, apesar da necessidade, o alto custo do crédito intimida os consumidores – 34% afirmam escolher a instituição que lhes oferece as menores taxas de juros.

“Ter uma visão mais completa do consumidor, principalmente com dados alternativos e dados de crédito gera insights sobre seu comportamento como pagador, permitindo que as instituições ofereçam mais crédito, com menos risco, e de forma mais segura para seus negócios”, explica Pasqualin.

Apesar de 61% dos consumidores reportarem que as finanças domésticas estão indo “conforme planejadas” ou melhores, 33% relataram um atraso de 90 dias ou mais no pagamento de qualquer fatura ou empréstimo nos últimos 12 meses – aumento de 11 pontos percentuais na comparação com o quarto trimestre de 2022.

O Estudo Consumer Pulse, da TransUnion, ouviu 994 pessoas com 18 anos ou mais residentes no Brasil entre 3 e 13 de outubro de 2023. O relatório completo pode ser lido aqui.

Siga o IT Forum no LinkedIn e fique por dentro de todas as notícias!

Author Photo
Redação

A redação contempla textos de caráter informativo produzidos pela equipe de jornalistas do IT Forum.

Author Photo

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.