As 4 habilidades imprescindíveis dos líderes do futuro

Segundo consultorias Robert Walters e Changeosity, há quatro comportamentos sistemáticos a adotar para liderar através da mudança

Author Photo
6:30 pm - 28 de agosto de 2020

As diferentes abordagens das organizações a nível global ao COVID-19 demonstraram que quanto mais lenta e menos eficaz é a resposta à mudança, maior é o risco de prolongar as suas consequências. Os líderes das organizações deverão responder de forma proativa, em vez de se limitarem a reagir perante as situações da crise.

A Robert Walters, em parceria com a changeosity, consultora de negócios sediada em Dubai, criaram um guia para liderar equipes remotas que inclui as quatro habilidades imprescindíveis que os líderes do futuro precisam ter para gerenciar essa nova forma de trabalho.

Segundo as consultorias, existem quatro comportamentos sistemáticos a adotar para liderar através da mudança. Colaboração, curiosidade, coragem e cuidado irão proteger as pessoas e os negócios, garantir que você atravesse este período com sucesso e que esteja preparado para o futuro do trabalho.

Colaboração

Agora não é a hora da liderança no estilo de comando e controle, alerta a Robert Walters. Isto é, porque o COVID-19 não é uma situação de emergência regular. Essa é uma situação sem precedentes e complexa com interdependências que não são totalmente compreendidas. Nenhum líder pode ter todas as respostas.

Seja visionário

Seu papel é definir a direção da empresa e incentivar seus líderes a terem confiança para criar e implementar soluções que garantirão que você navegue seguramente pelo que está por vir. Você estará agindo com responsabilidade se estiver incentivando que pessoas certas tomem as decisões no momento certo.

Evite julgamentos

Esteja aberto a correções sem julgamentos ou reações adversas. Erros são oportunidades para aprender e crescer.

Curiosidade

Não se trata de um plug and play de um plano de gestão de crises preparado para emergências. Este plano pode ser difícil ou impossível de executar nesta situação global em andamento. A realidade é que nós não sabemos as proporções dessa pandemia nem seu provável impacto na economia, negócios e sociedade em geral. O que sabemos, no entanto, é que podemos precisar fazer um ajuste permanente nas práticas comerciais para garantir que continuemos resilientes e prontos para o futuro.

Esteja aberto

Reconheça a si mesmo e aos outros que sua empresa está passando por um momento de incertezas. Só então você pode ganhar credibilidade que você está respondendo à crise como um líder e atendendo às expectativas de todos à sua volta.

Veja do lado de fora

Tente observar a situação à distância para avaliar a extensão do problema para o seu negócio. Isso significa pausar, refletir, avaliar sob diferentes perspectivas, considerar medidas preventivas e decidir as estratégias prioritárias.

Coragem

É hora de submergir nossos egos, lembra as consultorias. O foco deve ser sobre o que é e não sobre o que tememos que possa acontecer. “Nós devemos enfrentar a possibilidade de uma queda brusca a fim de criar sensibilidade e soluções sustentáveis. Redução de custos mais radicais podem salvar as empresas a longo prazo. Os desinvestimentos antecipados podem atrair retornos mais altos agora do que em um ambiente recessivo”, alertou.

Oportunidade inovadoras

Talvez seja hora de grandes mudanças em processos, otimização de estoques, produção e outras operações. Esteja aberto a suposições desafiadoras, como a adoção e implementação de soluções automatizadas. Olhe para soluções resilientes e preparadas para o futuro.

Crie uma estratégia de recursos a longo prazo

Pode haver uma necessidade urgente de redesenhar a organização como parte de sua estratégia para minimizar os custos da folha de pagamento. Pense grande e coloque em prática uma solução que tenha eficiência em longo prazo com o futuro do trabalho em mente.

Cuidado

Nestes tempos de desafios gerados pela pandemia, nossa suprema consideração deve ser a vida humana. Não devemos desconsiderar os desafios pessoais e profissionais que os funcionários e suas famílias estão enfrentando durante essa crise. Além da responsabilidade pela segurança e saúde que temos como empregador, temos também um dever fundamental de cuidar da nossa força de trabalho para protege-los moralmente e legalmente.

Seja humano

Tenha empatia e humildade. Abrace estes tempos de incerteza com calma, compostura e confiança. Faça isso e você, como líder, criará confiança e credibilidade para superar qualquer obstáculo, desafio ou adversidade.

‘’A grande adoção do distanciamento social é um experimento ainda em ação. Aproveite a oportunidade de ajustar suas práticas de trabalho remoto para permitir que cada vez mais indústrias se ajustem ao futuro do trabalho”, aconselhou Kevin Gibson, CEO Latam da Robert Walters.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.