Startup brasileira ajuda a negociar indenização de passageiros por danos em voos

Quick Brasil dá suporte a quem teve voos atrasados, cancelados ou com extravio de bagagens. Caso haja real direito à reparação, propõe indenização no valor de mil reais

Author Photo
9:37 am - 15 de agosto de 2018

Fundada há pouco mais de um ano, a startup Quick Brasil nasceu com a finalidade de ajudar consumidores que se sentem lesados por companhias aéreas. Segundo a companhia, já foram atendidos cerca de 2 mil clientes, com 95% de acordos fechados. 

Por meio do site quickbrasil.org, a empresa se propõe a dar suporte para aqueles que tiveram seus voos atrasados, cancelados, com overbooking ou mesmo que tiveram suas bagagens extraviadas. Assim que o passageiro relata o caso, os consultores avaliam gratuitamente o problema e, a seguir, caso haja real direito à reparação, propõem uma indenização imediata no valor de mil reais, em depósito na conta bancária. Ao receber a compensação, o consumidor renuncia receber qualquer outro valor da companhia aérea referente ao caso. A startup, por sua vez, passa a reivindicar a retratação diretamente com a companhia, assumindo os riscos e resultados.

A plataforma foi desenvolvida por um grupo de quatro empresários no Global Entrepreneurship Bootcamp 2017, entre eles, o advogado mineiro Thiago Naves, como parte de um programa do MIT, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

“Nosso objetivo é garantir que o consumidor seja indenizado nas situações em que foi lesado pelas companhias aéreas, mas com muito mais rapidez que a justiça pública e sem riscos”, ressalta Naves. O procedimento está amparado no conteúdo legal previsto pelo Código de Defesa do Consumidor, Código Civil e Lei 9.099/95. Para o empresário, com o serviço, espera-se levar a uma melhoria no serviço prestado pelas empresas de aviação no que diz respeito ao tratamento dos seus consumidores.

A Quick Brasil também foi um dos destaques da edição brasileira do MIT Innovation & Entrepreneurship Bootcamp, programa voltado para empreendedores de inovação, que aconteceu entre julho e agosto, no Rio de Janeiro. 

 

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.