E-commerce nos EUA deve atingir US$ 210 bi durante as festas, estima Adobe

Somente Cyber Monday deve render US$ 11 bilhões nos Estados Unidos

Author Photo
10:37 am - 27 de outubro de 2022
e-commerce faturamento Imagem: Shutterstock

As vendas no e-commerce devem movimentar US$ 209,7 bilhões de novembro a dezembro deste ano nos Estados Unidos, segundo levantamento da Adobe sobre a previsão de vendas para o período. O valor representa um crescimento de 2,5% em relação ao ano passado. Na temporada de compras de fim de ano de 2021, US$ 204,5 bilhões foram gastos on-line (crescendo 8,6% em relação ao ano anterior).

Segundo a previsão da Adobe, a Cyber Monday deve continuar sendo o maior dia de compras da temporada e do ano, gerando um recorde de US$ 11,2 bilhões em gastos e aumentando 5,1% em relação ao ano anterior. Em comparação, as vendas on-line da Black Friday devem crescer apenas 1% para US$ 9 bilhões, enquanto as vendas de Ação de Graças, um dos feriados mais importantes e celebrados dos Estados Unidos, devem cair para US$ 5,1 bilhões, queda de 1%.

Leia também: Cadastra adquire M3 e mira expansão internacional

O relatório deste ano também chama a atenção para uma tendência observada no e-commerce: os grandes dias de compra estão perdendo destaque à medida que o comércio eletrônico se torna uma atividade diária onipresente e os consumidores veem os descontos continuarem durante toda a temporada. Ao mesmo tempo, muitas empresas e marcas decidem antecipar descontos para garantir o fluxo logístico.

Em relação às categorias mais compradas, eletrônicos, vestuário e mantimentos contribuirão com US$ 103,8 bilhões em gastos on-line nesta temporada de festas. O estudo prevê que os eletrônicos gerem US$ 49,8 bilhões em gastos on-line, um aumento de 2,9%.

A análise da Adobe abrange mais de 1 trilhão de visitas a sites de varejo nos EUA, 100 milhões de unidades de manutenção de estoque e 18 categorias de produtos.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.