Como a tecnologia democratizada está redefinindo o cenário do CIO

Forjados em velocidade e agilidade, low-code/no-code e outros desenvolvimentos gerados pelo usuário estão revolucionando o papel do CIO

Author Photo
4:36 pm - 20 de setembro de 2022
executivo executivo

As disrupções tecnológicas continuam a redefinir o papel do CIO dentro das corporações. Como inovadores e criadores de valor, os CIOs são encarregados de gerenciar desenvolvimentos como low-code/no-code (LCNC), que está revolucionando a inovação gerada pelo usuário, permitindo que pessoas com pouca ou nenhuma experiência em codificação, ou “desenvolvedores cidadãos”, forneçam facilmente novos recursos sob demanda sem precisar depender de equipes de desenvolvimento estabelecidas.

Estamos vivenciando uma inegável mudança em direção a esse tipo de tecnologia democratizada. Pesquisas do setor mostram que, em 2021, as plataformas LCNC representaram 75% do desenvolvimento de novos aplicativos, e a própria pesquisa da Accenture diz que 60% dos usuários LCNC esperam que o uso da plataforma aumente. Mas sustentar esse tipo de desenvolvimento em um mercado de talentos em declínio não é fácil.

Com quase um em cada cinco líderes de negócios enfrentando restrições devido ao declínio no talento tecnológico, os CIOs precisam olhar além de seu pool tradicional de profissionais de TI para uma comunidade mais ampla e cultivar e nutrir novas redes de talentos que unam desenvolvedores cidadãos com seus colegas profissionais.

À medida que as fronteiras entre negócios e TI se confundem, há uma enorme oportunidade para os CIOs com visão de futuro repensarem como trabalham e lideram suas organizações, e aceitar as plataformas LCNC para operar de forma mais inteligente e rápida alcança ganhos significativos em lucratividade e eficiência corporativa.

O que está acelerando a adoção de LCNC

As principais áreas que impulsionam a adoção do LCNC são facilidade de uso, facilidade de integração com soluções e tecnologias existentes e criação mais rápida de valor. As corporações estão sob pressão para inovar e resolver problemas mais rapidamente, e aquelas que se concentram em fornecer experiências superam seus pares em seis vezes na lucratividade ano a ano em um, três, cinco e sete anos. Então, como as PMEs utilizam as plataformas LCNC e permanecem relevantes entre as grandes empresas?

As ondas de tecnologia mostraram acelerar o crescimento dos negócios das PMEs, e o LCNC terá um impacto igual, se não maior, nas PMEs. Hoje, há um conjunto crescente de PMEs que utilizam LCNC, agregando valor em todas as facetas do negócio, permitindo e simplificando tudo, desde a aquisição de clientes até os processos de back-end. Isso ocorre em um momento em que as PMEs estão procurando maneiras de competir e se diferenciar em relação a empresas maiores e outras PMEs.

Existem três fatores que tornam o LCNC relevante para as PMEs no ambiente de negócios atual:

Maturidade digital como uma necessidade competitiva: mais de 70% das pequenas empresas em todo o mundo estão acelerando a digitalização e 93% dizem que a Covid-19 as tornou mais dependentes da tecnologia.
Desafio do acesso ao talento digital: uma em cada cinco PMEs pesquisadas disse que sua pesquisa na plataforma LCNC foi impulsionada pela escassez de funcionários com fluência digital.
As soluções corporativas de TI não atendem às necessidades das pequenas e médias empresas: até 47% das pequenas e médias empresas acham que as empresas não entendem os desafios que enfrentam e o movimento em direção ao LCNC ilustra esse ponto.

Novas pessoas estão se envolvendo com a tecnologia dentro da empresa e em ecossistemas mais amplos, e “traga o seu próprio” está rapidamente se tornando “faça o seu próprio” à medida que os desenvolvedores cidadãos aproveitam as ferramentas LCNC que avançam rapidamente.

Abraçando um novo modelo operacional

Colocar o poder nas mãos das pessoas requer uma gestão cuidadosa. Os modelos operacionais de LCNC devem equilibrar simultaneamente a necessidade de inovação, estabilização e dimensionamento para os negócios e a tecnologia, para que o CIO e as equipes de TI possam permitir mudanças e inovações cruciais nos negócios, em vez de atuar como guardiões tecnológicos.

Os CIOs também devem pensar nos recursos que se enquadram em diferentes categorias, principalmente aqueles voltados para o cliente, corporativos ou departamentais. Essa categorização ajudará a determinar estruturas de equipe ideais, como determinar a combinação certa entre novos desenvolvedores cidadãos e desenvolvedores de código profissional dentro da organização de TI.

Além disso, é necessário criar novos modelos de engajamento para permitir uma melhor colaboração com CISOs e diretores de dados para segurança e governança de dados. Para fazer isso, essas equipes devem ter funções e responsabilidades claras para oferecer experiência ao usuário e promover a inovação. O portfólio de tecnologia também deve ser segmentado para funcionar dentro do novo modelo, avaliando os aplicativos existentes a serem migrados para o LCNC.

Outro modelo inclui a criação de um novo conjunto de financiamento para inovação com LCNC. Os CIOs devem assumir o controle dessa maneira e levar os provedores de plataforma LCNC a expor mais o funcionamento interno da plataforma, criar opções conjuntas para apoiar os desenvolvedores cidadãos e simplificar o esforço para atender às preocupações do CISO.

Com o tempo, os CIOs precisam desenvolver modelos operacionais equilibrando uma combinação de desenvolvedores de código profissionais e cidadãos dentro dos provedores de plataforma LCNC para impulsionar a maturidade. Os CIOs continuarão sendo os guardiões da tecnologia, mas também devem se tornar administradores e coinovadores, orientando outros, incluindo desenvolvedores cidadãos, a cumprir a promessa de inovação em escala. Essa mudança requer novos modelos operacionais projetados para apoiar a coinovação, permitir a produtividade pessoal e garantir que o acesso aos dados pelas plataformas LCNC seja gerenciado e respaldado por governança e segurança robustas. As empresas com uma abordagem clara de LCNC que capacitam seus funcionários com as ferramentas e sistemas certos alcançarão a inovação no próximo nível e além.

Sriram Sabesan, Gerente Sênior de Estratégia de Tecnologia, Software e Plataformas da Accenture também contribuiu para este artigo.

Newsletter de tecnologia para você

Os melhores conteúdos do IT Forum na sua caixa de entrada.