Materiais para Download
Descubra a Rede IT Mídia
Conheça os Fóruns

Analytics transforma setor de saúde

Durante IT Forum 2018, apresentação mostrou panorama de analytics no Brasil. CIO da Associação Congregação Santa Catarina destalhou case na área

Por  Aline Brandão

07:03 - 29 de abril de 2018
Compartilhar
Jesus Francisco Garcia, Diretor Corporativo de TI da Associação Congregação Santa Catarina.

Business intelligence (BI) e analytics aparecem no topo dos orçamentos das principais empresas do País. Segundo a pesquisa Antes da TI, a Estratégia, realizada pela IT Mídia em 2018, as tecnologias serão foco de investimentos em mais de 73% das empresas com faturamento anual maior do que R$ 2 bilhões.

O tema, discutido no workshop Trend Talks – Repensando a estrutura de dados no IT Forum 2018, que acontece de 27 de abril a 1º de maio, reuniu Jesus Francisco Garcia (foto), CIO da Associação Congregação Santa Catarina (ACSC), e Sergio Lozinsky, sócio-fundador da Lozinsky Consultoria.

Lozinsky explicou que o investimento acentuado tem motivo. Afinal, 77% das empresas consideram seu grau de informatização entre alto e muito alto. Nesse contexto, muitos dados estão disponíveis, gerando análises para suportar decisões estratégicas decisivas e assim gerar valor para a empresa.

Dos dados, o ouro

O setor de saúde tem diversas particularidades, que vão da cultura dos hospitais até a legislação vigente. Na ACSC, um dos pontos iniciais de um projeto de analytics foi a definição do valor a ser extraído dos dados. Em uma instituição de saúde sem fins lucrativos, quem é o cliente? Essa era uma das questões iniciais e chave do projeto.

A partir dessa definição, explicou Garcia, foi possível traçar a direção do valor a ser criado, e tomar decisões que poderiam potencializar esse valor. Um dos exemplos foi a expansão do escopo alcançando além de informações internas, agregando informações em todo o sistema.

A cultura de dados teve início, disse Garcia, com o início da jornada de transformação digital. Nessa toada, foi possível analisar o panorama inicial do Hospital e efetivar ações para centralizar e aumentar a disponibilidade da infraestrutura, centralizando os dados para que todos possam ter acesso à informação em um só lugar.

A partir do mapeamento da origem dos dados, foi possível estruturar uma nova versão de ERP focado na área de saúde. E agora, tendo as informações disponíveis, está em andamento o saneamento e o enriquecimento dos dados, esclareceu o executivo.

Load more