Palestra Na era da conveniência, startups são chave? Lições da China e Israel

 

Na realidade da conveniência, o mundo vive uma profunda transformação. O carro, por exemplo, em breve não será mais um patrimônio e isso interfere no valor do bem, impactando no financiamento, mudando completamente o modelo de negócio dos bancos, que passam a mirar os frotistas. Quem tem influência nesse cenário? Uber? 99? Rappi? Todas startups que hoje se tornaram grandes empresas por entenderem o público e entregarem conveniência aos consumidores. Descubra quais são as lições que podemos aprender com a China e Israel quando o assunto é startup e conveniência.

PALESTRANTES

Luzia Sarno

CIO do Grupo Fleury

Paulo Henrique Farroco

CIO do Carrefour